Através da sua joint venture europeia, a Iveco e FPT Industrial, marcas integradas na CNH Industrial, e a Nikola Motor Company irão produzir o elétrico Nikola TRE na unidade de produção da Iveco em Ulm, Alemanha.

Atualmente, as instalações de Ulm são o centro de engenharia de chassis da Iveco, no coração da região de Baden-Württemberg.

Na primeira etapa do projeto, a empresa em regime de joint-venture vai investir 40 milhões de euros na modernização da fábrica, que se dedicará à montagem final do veículo.

Assim, as instalações de Ulm receberão os módulos de produção enviados pelas fábricas da Iveco em Valladolid e Madrid, em Espanha, o que permitirá um rápido aumento de produção para fazer face à esperada elevada procura por parte dos clientes.

O Nikola TRE atualmente em desenvolvimento é baseado na nova plataforma Iveco S-Way (na foto desta caixa de destaque) e integra as tecnologias, sistemas de controlo e de infotainment da Nikola.

O início da produção está previsto para o primeiro trimestre de 2021, com a entrega das primeiras unidades Nikola TRE a decorrer no mesmo ano.

Esta parceria estratégica e exclusiva para camiões pesados levou a CNH Industrial a adquirir uma participação de 250 milhões de dólares na Nikola, tornando-se no principal investidor de Série D. Ao anúncio da parceria, em setembro de 2019, seguiu-se, em dezembro passado, a apresentação do Nikola TRE, um veículo pesado de propulsão elétrica a bateria (BEV), que constitui o primeiro avanço no sentido do futuro modelo elétrico a célula de combustível (FCEV).

Esta joint venture faz parte, aliás, de uma parceria mais ampla estabelecida com a Nikola, para acelerar a transformação da indústria em direcção à neutralidade de emissões de camiões pesados Classe 8, na América do Norte e Europa, através da adoção da tecnologia de células de combustível.

Camiões articulados 4×2 e 6×2

Os primeiros modelos a entrar em produção serão os camiões articulados 4×2 e 6×2 com baterias modulares e escaláveis, com capacidade até 720 kWh, e um propulsor elétrico que fornece até 480 kW de potência contínua.

Já as versões elétricas das células de combustível, construídas na mesma plataforma, serão testadas em 2021, de acordo com o projeto H2Haul, financiado pela UE, com vista ao lançamento no mercado em 2023.

Os testes deverão começar em meados de 2020, utilizando os protótipos que serão apresentados no Salão de Veículos Comerciais de Hannover, Alemanha, em setembro próximo.

“A nossa joint-venture europeia com a Nikola e o presente anúncio são a prova definitiva de que os transportes de longo curso com zero emissões estão em marcha, resultando em benefícios ambientais reais para os transportadores de longa distância e os cidadãos de toda a Europa. A decisão de construir o Nikola TRE em Ulm – um centro de excelência em engenharia de camiões pesados – reforça a localização estratégica do local no coração do cluster de tecnologia de células de combustível da Alemanha” – Hubertus Mühlhäuser, Diretor Executivo da CNH Industrial.

“O Nikola TRE está a assumir-se como o camião articulado mais avançado do mundo, e será uma referência em veículos zero emissões. A decisão de produzir em série o TRE na cidade de Ulm, é um exemplo concreto de criação de emprego, fomento da inovação, aposta em novos fornecedores de componentes zero emissões e servir de exemplo para outros fabricantes de equipamento original (OEM). O mundo está pronto para os transportes de mercadorias zero emissões, e a joint venture entre a Nikola e Iveco será a primeira a concretizar essa realidade. Estou ansioso por ver os primeiros veículos a sair da linha de produção” – Trevor Milton, Diretor Executivo da Nikola Motor Company

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of