O serviço de motosharing 100% elétrico da Acciona que está presente no mercado nacional desde junho de 2019, anunciou um aumento da sua frota disponível na capital portuguesa, chegando agora aos 500 motociclos.

A Acciona disponibiliza um serviço de transporte através de motociclos elétricos equivalentes a 125 cc e geolocalizados, podendo alcançar os 80 km/h e com possibilidade de transportar duas pessoas.

Para isso, os motociclos incluem no porta-malas dois capacetes de segurança, para dois passageiros.

Eduardo Antunes, city manager do serviço de motosharing da Acciona em Lisboa, afirma que “o serviço da Acciona já evitou a emissão de 803 toneladas de CO2 na atmosfera local, desde que chegámos a Lisboa. O equivalente às emissões de mais de 800 carros por dia. O feedback da comunidade e retorno ao longo dos últimos sete meses de atividade tem sido extremamente positivo e continuamos comprometidos em investir numa economia de baixo carbono, com os vários projetos de excelência técnica e inovação que temos, os quais ajudam a projetar um planeta melhor. E é por essa razão e missão da empresa que investimos na cidade de Lisboa e aumentamos a nossa frota, que oferece agora 500 motociclos à comunidade local”.

Os motociclos de Acciona disponibilizam duas modalidades de condução: em modo S, que permite uma velocidade até 50 km/h dentro da cidade e o modo de condução C, que permite alcançar 80 km/h, podendo ser utilizada em autoestradas e nas vias rápidas da Grande Lisboa.

O carregamento é concretizado através da substituição de baterias por parte da equipa de manutenção, em horário noturno, contando para esse efeito com uma frota de veículos 100% elétricos.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of