A quarta geração do Seat Leon, que começará a ser vendida em Portugal a partir de maio, irá incluir uma motorização híbrida plug-in (eHybrid).

Essa variante híbrida plug-in combina um motor a gasolina TSI de 1.4 litros com um propulsor elétrico de 75 kW para um conjunto capaz de produzir um total de 150 kW/204 cv de potência.

Esta unidade recorre a um pack de baterias de iões de lítio de 13 kWh, dispondo ainda de uma caixa de seis velocidades DSG.

A versão híbrida plug-in também permite que o condutor circule em modo unicamente elétrico, com um alcance de 60 km (ciclo WLTP).

O plug-in estará disponível tanto na carroçaria de cinco portas, como na SportsTourer.

Gestão remota do veículo

Quando fora do veículo, graças à app Seat Connect, os utilizadores podem aceder remotamente à informação do veículo: computador de bordo, local de estacionamento, estado da viatura, incluindo portas e luzes, definição de alertas de velocidade para que seja avisado no caso de alguém ao volante do seu veículo conduzir demasiado depressa, alertas antifurto, abertura e fecho de portas com o serviço de abertura e fecho à distância, ou até no ativar remotamente a buzina e os indicadores de mudança de direção de forma a encontrar o carro mais facilmente.

Através da app do smartphone, os condutores do híbrido plug-in poderão ainda gerir o processo de carregamento remotamente através do e-Manager, controlar o ar condicionado e programar as horas de partida.

A transmissão automática de dupla embraiagem DSG beneficiam de tecnologia shift-by-wire, o que significa que desaparece a ligação mecânica entre o seletor de velocidades e a caixa de velocidades, passando a ser utilizados sinais eletrónicos para proceder às trocas de velocidades.

Ainda uma variante mHEV

O novo Seat Leon terá ainda uma versão mild hybrid (sTSI). A tecnologia, disponível com os motores a gasolina 1.0 TSI 81 kW/110 cv e 1.5 litros de 110 kW/150 cv, junta a tecnologia mild-hybrid de 48V ao motor de combustão, usando assim a eficácia da eletrificação e da transmissão de dupla embraiagem em vez da caixa manual.

O sistema utiliza um motor-gerador de 48V e uma bateria de iões de lítio a 48V, com a capacidade do Leon rolar em certas condições com o motor desligado, recuperando energia nas travagens e assistindo o motor com potência elétrica.

Mais informações sobre todos os automóveis elétricos e híbridos plug in na nossa secção de mercado.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of