ECO-Plan Renault: uma alavanca para a mobilidade sustentável

A Renault lança em Portugal o ECO-Plan, um ambicioso programa para uma mobilidade mais sustentável. Financiar a renovação do parque automóvel com mais de 12 anos, oferecer 200 euros em portagens para o Zoe, instalar 60 pontos de carregamento elétricos, organizar iniciativas de esclarecimento da mobilidade elétrica, bem como disponibilizar soluções de renting para clientes particulares são alguns dos pressupostos do Renault ECO-Plan.

0
1681
O Renault Zoe é produzido há uma década e é um dos elétricos mais vendidos no mundo

A Renault Portugal revelou um ambicioso plano para 2020, a que chamou de ECO-Plan, que visa promover a renovação do parque automóvel nacional (e a diminuição das emissões poluentes dos veículos circulantes) e contribuir para uma mobilidade mais sustentável no país.

O ECO-Plan foi pensado para os clientes particulares e divide-se em cinco áreas batizadas do seguinte modo:

  1. ECO Abate,
  2. Classe Zero,
  3. ECO Charge,
  4. ECO Tour e
  5. ECO Mobility.

 

O ECO Abate pressupõe um apoio financeiro à aquisição de automóveis novos, independentemente do modelo ou da motorização.

E que também contempla elétricos e híbridos.

Ou seja, consiste num programa de incentivos que é válido para todos os Renault ligeiros de passageiros, equipados com motores gasolina, Diesel, GPL, híbridos ou elétricos.

Estes são os montantes:

  • 3.000€ na aquisição de um Renault 100% elétrico;
  • 2.000€ na aquisição de um Renault híbrido;
  • 1.750€ na aquisição de um Renault Diesel;
  • 1.250€ na aquisição de um Renault a GPL;
  • 1.000€ na aquisição de um Renault a gasolina (exceto Twingo cujo valor é de 500€).

Em relação aos elétricos e híbridos, o apoio da Renault é acumulável com outras campanhas que a marca venha a desenvolver, bem como com outros valores que possam ser dados pelo Estado (como tudo indica que acontecerá em 2020).

Atualmente, em Portugal, cerca de 2,5 milhões de automóveis têm mais de 12 anos. São veículos mais poluidores e menos seguros do que os atuais. “Se substituirmos o parque antigo já estamos a contribuir para uma mobilidade mais sustentável”, entende Ricardo Oliveira, diretor de comunicação da Renault.

6 mil euros de desconto para elétrico

Isto significa que na aquisição de um Zoe um cliente particular poderá contar com 6 mil euros de apoio: 3.000 euros garantida pelo Fundo Ambiental (do Estado) e 3.000 euros assegurados pela Renault.

Na prática, um Zoe em vez de custar 33.910 euros poderá custar 27.910 euros a um particular.

A Renault explica que este plano não prevê um limite ao número de automóveis retomados e que pressupõe o compromisso de retirar do parque circulante todas as unidades retomadas ao abrigo do programa, ou seja, as viaturas usadas entregues seguem para abate nos centros de recolha de veículos em fim de vida.

Com base nos mesmos pressupostos, o plano ECO Abate também é válido para a marca Dacia, com os seguintes apoios financeiros: 800€ na aquisição de um Dacia a gasolina;600€ na aquisição de um Dacia a GPL; 450€ na aquisição de um Dacia Diesel.

 

O Classe ZERO – segunda vertente do ECO-Plan da Renault – destina-se exclusivamente para o elétrico Zoe. Prevê a oferta de um dispositivo de Via Verde com um carregamento no valor de 200 euros para todos os que adquirirem o novo Zoe.

Retroativamente esta oferta será estendida a todos os clientes que compraram o Zoe em Portugal, desde 2013 e que rondará um universo de cerca de 250 pessoas.

A oferta do dispositivo de pagamento eletrónico com os 200€ destina-se apenas aos clientes que adquiram ou tenham adquirido Zoe novos através da Renault Portugal (pela Rede de Concessionários oficial da marca).

A própria Renault tomará a iniciativa de contactar os clientes.

“Se polui zero, paga zero” é o mote desta campanha em particular.

A título de curiosidade, refira-se que os 200 euros de saldo de carregamento da Via Verde permitem fazer 285 percursos Lisboa-Oeiras/Oeiras-Lisboa, 222 percursos Lisboa-Vila Franca de Xira/Vila Franca de Xira-Lisboa e 74 percursos Cascais-Lisboa/Lisboa-Cascais. De acordo com estimativas, o gasto médio anual em Portugal, em portagens oscila entre 250 e 300 euros.

Para quem venha a comprar daqui em diante o novo Zoe, para além do apoio financeiro de 3.000 euros previsto pelo plano ECO Abate da Renault, a marca acrescenta ainda, a Via Verde com um carregamento no valor de 200 euros.

ECO-Plan combate o preconceito

Ricardo Oliveira, diretor de comunicação da Renault Portugal considera que este plano “Classe Zero” é “mais um importante incentivo à mobilidade sustentável, mas também um contributo para quebrar preconceitos e um claro sinal de que os automóveis elétricos não estão apenas confinados a uma utilização citadina, até face aos valores de autonomia que já reivindicam. Queremos com isto dizer que aquilo que um elétrico já oferece é mais do que simplesmente andar às voltas na cidade. Pode ir para a autoestrada. Queremos tirar alguns ‘travões’ que ainda há na mente das pessoas relativamente aos elétricos”.

O ECO Charge tem associado um investimento da Renault em postos de carregamento próprios. De acordo com o importador para o nosso país, a marca gaulesa irá montar durante 2020 um total de 60 postos de carregamento em estabelecimentos da rede dos seus concessionários de todo o país, ilhas incluídas. Nesta fase, apenas as Beiras ficarão excluídas. Esses postos serão postos de acesso público, todos de carga acelerada (22 kW) ou carga rápida (43 kW) ficando, por exemplo, nos passeios dos stands da Renault para público acesso.

“Com a representatividade da sua rede de concessionários – a maior do país –, a Renault dá um importante contributo à mobilidade elétrica por todo o território nacional”, destaca o construtor.

Sabia que…
… Em Portugal, o número de pontos de carregamento, para automóveis elétricos, ronda as 2.700 localizações?

Ainda durante o ano de 2020, a Renault também vai alargar para 42 o número de Centros Expert Z.E., pontos da rede da marca especializados em venda e assistência de automóveis 100% elétricos.

Centro de reparação de baterias

Igualmente no início deste 2020 está prevista a abertura de um centro de reparação de baterias da Renault, na zona de Loures.

“A pouco e pouco, graças à evolução da mobilidade elétrica, das suas tecnologias e das autonomias oferecidas, o argumento da autonomia está em desuso. As autonomias estão a deixar de ser a preocupação, com as dúvidas a transferirem-se para a facilidade de acesso aos pontos de carregamento”, considera a Renault.

O ECO Tour é o quarto pilar da estratégia da Renault e consiste na organização de exposições, durante 2020, em centros comerciais de 13 cidades do país, com início já em fevereiro deste ano, que levem os elétricos até às pessoas para as sensibilizar e informar acerca da mobilidade elétrica.

As primeiras iniciativas já têm data e local: Norte Shopping (de 31/01 a 02/02) e Fórum Coimbra (de 07/02 a 09/02).

Através do ECO Tour serão, igualmente, promovidos seminários para empresas, com as mais variadas entidades ligadas à mobilidade elétrica, parceiros da Renault e proprietários de automóveis elétricos. “Seminários que vão procurar debater e esclarecer tudo o que é relacionado com a mobilidade inteligente”, indica o fabricante.

O ECO Mobility prevê o desenvolvimento do produto de aluguer operacional de viaturas (“renting”) para os particulares.

O intuito é facilitar o acesso à mobilidade e generalizar a todo o mercado, a solução de financiamento que é adotada pelas empresas, há vários anos.

O programa dá pelo nome de “Easy Flex” e arranca em fevereiro, com o parceiro financeiro a Renault, o RCI.

“As mentalidades estão a mudar e, hoje, cada vez se dá mais importância ao uso em vez da posse. Nesse sentido, a Renault vai democratizar o acesso aos produtos de aluguer operacional para todos os modelos Renault e Dacia”, refere o construtor.

O ECO-Plan é apresentado no ano em que a marca francesa comemora o 40º aniversário de presença no mercado português, durante os quais foi 35 vezes líder de vendas anuais, as últimas 22 vezes das quais de forma consecutiva.

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of