A Tesla vendeu 367.500 veículos em 2019, um novo recorde para a empresa, segundo dados publicados pela empresa.

Este “score” constituiu uma prestação 50% acima do ano anterior e representa uma cifra mais elevada do que nos dois anos anteriores combinados, tudo graças à popularidade do Model 3.

A empresa conseguiu uma boa recuperação no quarto trimestre de 2019, ao entregar 112 mil veículos (mais do que em todo o ano de 2017), dos quais 92.550 foram exemplares do Model 3. Os restantes 19.450 veículos foram repartidos entre Model S e Model X.

Depois do preço das ações ter estado em queda durante a primeira metade do ano que terminou para menos de 180 dólares por ação – o seu ponto mais baixo em três anos -, a Tesla deu a volta, findando 2019 com o valor das ações no seu nível mais alto de sempre, entrando em 2020 com um índice superior a 400 dólares por ação.

Com o início da produção da Gigafábrica 3, na China, e o arranque das primeiras entregas a clientes chineses, a Tesla tem tudo este ano para atingir novos máximos, um trunfo importante para conquistar a confiança dos investidores.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of