O fornecedor alemão Bosch revelou no evento do CES 2020 uma pála do sol provida de inteligência artificial a que deu o nome de Virtual Visor.

Trata-se de um passo evolutivo numa das peças presentes nos automóveis que menos evolução sofreu ao longo da história

Este Virtual Visor consiste numa tela (estilo head-up display) que desce do teto da viatura para tapar a luz do sol que encandeia o automobilista. A inovação está, contudo, no facto desta tela aplicar retângulos de sombra unicamente ao nível dos olhos do condutor, deixando toda a restante superfície limpa e desimpedida.

Apenas a luz do sol que incide nos olhos é bloqueada. a visão para a estrada permanece desimpedida.

A tela LCD transparente recorre a uma câmara de monitorização e a um sistema de inteligência artificial para identificar as características faciais dos ocupantes dos bancos dianteiros (como o nariz, os ouvidos e a boca), usando essas informações para sombrear apenas as partes do visor, através das quais a luz solar atinge os olhos designadamente do condutor. Assim se cria uma sombra de aspeto retangular composta pelo agrupamento de pequenos hexágonos (favos de mel), a qual se vai adaptando de forma dinâmica, consoante a inclinação dos raios solares e à medida que o sol vai batendo nos olhos do condutor.

Segundo a Bosch, esta inovação poderá aumentar bastante a segurança, especialmente ao amanhecer e ao entardecer, dado que o brilho do sol (encandeamento) causa quase o dobro dos acidentes do que outras condições relacionadas ao clima.

O Virtual Visor ainda está numa fase de protótipo, mas a Bosch admite que decorrem conversações com fabricantes de automóveis com vista à sua produção e integração em veículos.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of