O CES é a maior feita tecnológico do planeta. A edição deste ano decorre de 7 a 10 de janeiro, no local habitual do evento (Las Vegas) e a Jeep vai aproveitar o mediatismo do certame para mostrar três versões híbridas plug-in que irá passar a ter nos modelos Wrangler, Renegade e Compass.

As variantes recebem uma nomenclatura específica – 4xe -, a qual deverá também assentar nos veículos elétricos que venham a ser lançados pela marca americana.

Assim, estes PHEV terão a designação de Wrangler 4xe, Compass 4xe e Renegade 4xe.

Estas unidades terão tração integral, com o motor elétrico a destinar-se a alimentar o eixo posterior, devendo ter cerca de 60 cv. A escolha do motor de combustão deve recair num 1.3 turbo a gasolina, de 130 cv na versão de entrada e de 180 cv na versão de topo, para totais de potência combinada de 190 cv e de 240 cv, respetivamente.

Ao que tem sido veiculado, a autonomia em modo puramente elétrico será de 50 km.

A bateria terá uma capacidade de 11,4 kWh.

Não obstante só deverem ser libertadas informações oficiais no salão de Genebra (em março), tudo aponta que o lançamento destes veículos possa ocorrer em 2020.

A Jeep tem como objetivo oferecer no seu portefólio pelo menos uma versão eletrificada em cada modelo, a partir de 2022.

Estes lançamentos enquadram-se na estratégia da Fiat Chrysler Automobiles (dona da Jeep) de lançar globalmente mais de 30 modelos eletrificados até 2022.

Simulação do stand do Grupo Fiat Chrysler Automobile no CES 2020.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of