Há grandes novidades no mercado das casas pré-fabricadas e também no potencial das tecnologias de impressão 3D. Aparentemente estes dois setores não “trabalham em equipa”.

Contudo, as casas pré-fabricadas desenvolvidas com recurso ás tecnologias de impressão 3D e lançadas para o mercado pela empresa Haus.me Foundation provam o contrário.

Este tipo de habitações têm tido cada vez mais procura e, ainda que muitos optem por usá-las apenas como anexo ou complemento às casas comuns. Há também um segmento do público que olha para estas estruturas como a sua verdadeira casa. 

Por essa razão, os edifícios pré-fabricados, comercializados pela Haus.me, são contruídos de forma a oferecer aos seus proprietários todo o conforto que eles desejam, sem esquecer a elegância e o modernismo igualmente ambicionados. Importa referir ainda que nem a pegada ambiental destes produtos é descurada. 

Ao longo de todo o processo de desenvolvimento das casas Haus.me, são reunidos esforços para que estas armazenem o máximo de energia e calor possível. Tal é possível graças ao cuidado isolamento da estrutura.

Um conceito, vários tamanhos

“mOne” é o nome de um dos últimos modelos de casas pré-fabricadas lançado para o mercado pela Haus.me. Consiste num estúdio constituído por uma cozinha, uma casa de banho e apenas um quarto. Um edifício com capacidade para acolher duas pessoas.

Desta gama de casas pré-fabricadas desenvolvida pela Haus.me fazem também parte os modelos mTwo e mFour.

A casa mTwo, especialmente desenhada para famílias pequenas, apenas se diferencia do modelo mOne por ter, em vez de um, dois quartos.

No caso do modelo mFour, esta é uma estrutura de dois pisos, com três quartos e duas casas de banho. Um modelo desenvolvido a pensar em particular nas famílias grandes.

Todos estes modelos caracterizam-se pelo seu isolamento irrepreensível, que permite que os painéis solares, juntamente com uma bateria de suporte, sejam responsáveis por oferecer toda a energia necessária para as pessoas morarem nestes anexos.

A sustentabilidade ambiental destas casas, desenvolvidas com ajuda da tecnologia e impressão 3D, concretiza-se no sistema de drenagem bioativa que as integra e que torna possível a higienização dos esgotos. Quem adquirir qualquer um destes modelos da Haus.me também tem direito a um sistema de purificação que limpa e recicla a água do chuveiro. 

A nível tecnológico é de destacar o facto destas casas poderem ser controladas “á distância” através do controlo remoto e virem recheadas com eletrodomésticos de última geração.

Só falta dizer quando é que vai poder comprar estes modelos da Haus.me: os modelos “mOne” e “mTwo” vão estar disponíveis a partir de fevereiro de 2020 e as casas “mFour” a partir de julho de 2021.

Como evoluiu a impressão 3D?

A impressão 3D é baseada num processo de desenvolvimento de peças sólidas a três dimensões com recurso a arquivos digitais. Para chegar ao resultado final há que proceder a vários processos aditivos. Ou seja, os objetos são criados a partir da disposição de diversas e sucessivas camadas de material até se atingir o resultado final pretendido. 

No entanto, numa fase inicial, esta técnica apresentava algumas limitações. Uma delas era o facto de apenas os objetos pequenos serem desenvolvidos “em impressoras 3D”. Atualmente, e como explicamos ao longo do artigo, também produtos da dimensão de uma casa pré-fabricada já são projetados através destes meios tecnológicos.

A evolução que este setor foi apresentando ao longo dos tempos prova que as impressoras 3D permitem construir diferentes estruturas de complexidade variada.

Expondo um pouco mais os primeiros passos do mercado imobiliário na realidade a três dimensões, é de referir que o primeiro modelo imobiliário saído de uma impressora 3D diretamente para o mercado foi mOne de 37 m2. 

Foram os Ucranianos os primeiros a poder adquirir este produto inovador. Os esforços estão agora a ser canalizados no sentido de dar resposta á procura nos EUA e na Europa a médio prazo. 

Após o lançamento deste primeiro modelo todos os projetos desenvolvidos neste âmbito destacam-se, entre outros aspetos, por integrar toda uma série de avanços tecnológicos para torná-los num lar inteligente.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of