A Backstone (BST) é uma empresa que produz rodas em fibra de carbono. Sedeada em África do Sul, tornou agora público o resultado da sua parceria com o designer da Ducati, Pierre Terblanche. Do trabalho conjunto destas duas entidades surgiu a sua primeira moto elétrica apelidada de “BST Hypertek”. 

Este é um veículo zero emissões locais, com motor Hawk DHX de 107 cv e 119 Nm de binário. Isto traduz-se num alcance de aproximadamente 290 quilómetros. Quanto ao carregamento da bateria, há boas notícias. Recorrendo ao carregador rápido sugerido pela marca, uma carga completa requer apenas 30 minutos.

A BST Hypertek é um meio de transporte um tanto ou quanto futurista, munido de recursos com potencial para “prepararem um novo caminho na indústria de motas elétricas”, avançou a publicação Designboom.  Que aspetos fundamentam esta afirmação? O facto de a moto combinar a experiência de Pierre Terblanche em design e produção automóvel com os produtos de fibra de carbono da empresa BST. O designer que assina o projeto chega mesmo a considerar esta moto elétrica “o melhor trabalho que alguma vez fiz”. 

Quando vai ser lançado para o mercado?

Devidamente aguçada a curiosidade dos nossos leitores faltamos apenas dizer que a mota 100% elétrica “BST Hypertek” vai ser produzida em quantidades pequenas. Além disso, outro senão desta fantástica novidade é o facto de a moto ainda não estar disponível para venda. Contudo, os responsáveis pelo projeto esperam anunciar datas e preços em breve. 

A par da moto, e com a segurança dos seus utilizadores em mente, a BST desenvolveu também um capacete dotado de alta tecnologia. Graças a este equipamento, criado em parceria com a “cross helmet of Japan”, é possível constatar uma interação direta entre homem e máquina. Ou seja, é oferecida uma condução personalizada e auxiliada pelos dispositivos integrados no capacete.

Fotos da nossa galeria da autoria de Barry White Photography

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of