A Skoda revelou a nova (e quarta) geração do Octavia, o best-seller da marca checa, com o grande destaque a recair na inclusão de um híbrido plug-in, batizado de Octavia iV.

Trata-se de uma versão que terá como base o 1.4 TSI de 156 cv que, em conjunto com o propulsor elétrico de 75 kW, irá proporcionar 204 cv de potência combinada e um binário total de 350 Nm.

Este PHEV possui uma bateria de iões de lítio de 13 kWh e 37 Ah que permite uma autonomia 100% elétrica até 55 km no ciclo WLTP e demora cinco horas a carregar dos 0 aos 100% com uma ligação de 10 amp e três horas e meia, utilizando um cabo AC de 16 amp.

A transmissão é uma nova automática DSG de seis relações, a DQ400e, que será de tripla embraiagem em vez da habitual dupla embraiagem.

A bagageira do Octavia Plug-in terá 450 litros no caso do carro (600 litros as versões de combustão) e 490 litros para a carrinha (640 litros as unidades com motores de combustão).

O Octavia iV estará disponível em qualquer nível de equipamento, exceto os Active e Scout. O depósito de gasolina é ligeiramente menor (40 litros em vez de 45 ligros).

O Octavia PHEV faz, todavia, parte de um plano mais alargado do construtor para a introdução de viaturas eletrificadas na gama.

10 modelos até 2025

Deste modo, os responsáveis do fabricante preveem disponibilizar até 2025 um total de 10 modelos eletrificados distribuídos por vários segmentos, seis dos quais serão totalmente elétricos e quatro híbridos.

Entre os modelos eletrificados, além de um novo Citigo EV e deste Octavia Plug-in, será comercializado um Superb híbrido plug-in.

Para o próximo ano, está prevista haver uma evolução do projeto Vision E concept car, possivelmente a variante de produção com autonomia de até 500 km.

Mais informações sobre todos os automóveis elétricos e híbridos plug in na nossa secção de mercado.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of