Aos olhos do público do Web Summit, a portuguesa Bloq.it foi a startup mais inovadora entre as 131 a concurso na “Blockchain Side Pitch Competition”, promovida pela Taikai e que aqui tínhamos noticiado.

Para as dezenas de pessoas que participaram nesta iniciativa, a Bloq.it foi a solução vencedora, seguida das startups Tagspace, Aarim (Magva Tecnologia), Nutrix e Bippit. No total, foram distribuídas 2310 KAI’s pelos 131 que estavam em competição.

Em que consiste?

A solução tecnológica em questão consiste em disponibilizar cacifos em locais como praias, espaços urbanos, centros comerciais ou festivais.

O espaço de arrumação dispõe ainda de carregador de telemóvel incluído.

Três tamanhos diferentes de cacifos para alugar.

A ideia arrecadou 775 moedas virtuais KAI na votação levada a cabo pela Taikai, a rede social de inovação aberta, o que lhe garantiu um prémio de 1.500€ em serviços de mentoria e espaço da sociedade tecnológica Bright Pixel.

A competição lançada pela organização do Web Summit esteve, este ano, pela primeira vez, aberta ao público na plataforma da Taikai.

O júri do Web Summit, por sua vez, elegeu a Nutrix, uma empresa suíça que está a desenvolver um nanossensor que se coloca nos dentes e que faz a monitorização dos níveis de glicose em tempo real, sem ser preciso recorrer ao uso de agulhas.

A Bloq.it, fundada em 2019 e lançada ao mercado no passado mês de agosto, acumulou apenas no primeiro mês, 53.500 minutos de utilização, sendo que os utilizadores guardaram os seus pertences nestes cacifos durante um período médio de 2h43.

Além-fronteiras

Ao ter estado presente em locais estratégicos, como as praias dos concelhos de Oeiras e Cascais e festivais, a startup tornou-se conhecida além-fronteiras, registando 51% de utilizadores estrangeiros, de 13 nacionalidades.

“Dar voz às pessoas”

A competição promovida pela Taikai decorreu durante o Web Summit e consistiu em atribuir a cada participante 100 moedas virtuais KAI para distribuir pelas startups que, na sua ótica, apresentavam soluções mais inovadoras. Os resultados puderam ser acompanhados, em tempo real, na plataforma da Taikai.

“Este é o nosso primeiro ano de atividade e quisemos aproveitar o maior evento de tecnologia e empreendedorismo da Europa para fazer uma demonstração prática da nossa plataforma e dos problemas que procura resolver. Fazemos um balanço muito positivo desta iniciativa que permitiu dar voz às pessoas que puderam, assim, votar nas suas ideias preferidas”, diz Mário Alves, fundador e CEO da Taikai.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of