Os clientes da Ford poderão vir a utilizar a app FordPass para localizar, navegar, pagar e monitorizar o carregamento das suas viaturas, fazendo-o comodamente e sem qualquer esforço nos mais de 125.000 pontos da Rede de Carregamento FordPass, que estará disponível em 21 países, quando, a partir do próximo ano, a Ford iniciar as entregas dos seus novos veículos 100% elétricos, garantindo-lhes uma completa paz de espírito nas suas deslocações.

A Ford quer, assim, deixar para trás uma das maiores preocupações da actualidade para os proprietários de veículos elétricos, o não poderem fazer carregamentos rápidos e de um modo cómodo.

A app FordPass permitirá iniciar e fazer o pagamento dos serviços a partir de uma única conta.

A app móvel FordPass permite aos condutores monitorizar, remotamente, o estado de carga do veículo.

Outra característica adicional no âmbito do FordPass é que os clientes podem tirar partido do FordPass Power My Trip, um sistema de planeamento de viagens que avalia o estado da carga de um veículo num determinado momento, identificando os pontos de carregamento ideais ao longo de uma rota, de modo a tornar a viagem o mais eficiente possível.

O novo SUV de inspiração Mustang, elétrico e de elevada performance irá chegar em 2020, prevendo-se que tenha uma autonomia de 600 km. No dia 18 de novembro deverão conhecer-se mais pormenores sobre este modelo do qual se conhece este traço em perfil. Este SUV vai estar em destaque no Los Angeles Auto Show 2019.

O FordPass permite, ainda, a identificação de pontos de interesse, como restaurantes ou centros comerciais, para que o cliente possa aproveitar ao máximo o seu tempo de espera enquanto o seu veículo está a carregar.

Além disso, a função de navegação conectada integrada no sistema FordPass Connect possibilitará que os clientes europeus da Ford aproveitem, a partir dos seus telemóveis ou tablets, rotas pré-planeadas que tenham, transferindo-os, em modo over-the-air, diretamente para os seus BEV.

Wallbox para casa

Em complemento, a marca americana disponibilizará uma Wallbox para os carregamentos domésticos poderem ser feitos mais rapidamente, já que essa modalidade garante até cinco vezes mais potência de carga face a uma típica tomada doméstica.

Para tranquilizar os clientes, cada modelo plug-in elétrico da Ford virá equipado, de série, com um cabo de carregamento doméstico, adequado a essa carga, independentemente da potência disponível nas tomadas caseiras.

A Ford é, também, membro fundador e acionista do consórcio Ionity, que tem como objetivo construir 400 estações de elevada voltagem em localizações chave na Europa até final de 2020. Isto permite uma redução significativa nos tempos de carregamento para veículos elétricos.

Acumulando um máximo de 150 kW, num período de 10 minutos, numa estação de carga Ionity, o futuro SUV elétrico da Ford, inspirado no Mustang, poderá alcançar uma autonomia máxima de 93 km.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of