Correr e respirar o ar do tubo de escape? Com este veículo, é possível

0
317

A Hyundai Motor Espanha desafiou a nadadora olímpica Mireia Belmonte a correr dentro de uma bolha ligada ao tudo de escape do modelo a hidrogénio Nexo, respirando as emissões diretamente do veículo.

O desafio a que se sujeitou a atleta, que é também embaixadora da marca no país vizinho, pretende demonstrar a eficiência da tecnologia limpa e amiga do ambiente fuel cell, que foi desenvolvida para o Hyundai Nexo, e emite apenas vapor de água, purificando o ar em 99,9%.

“Enquanto embaixadora da marca Hyundai, fui convidada para um desafio onde teria que respirar diretamente do tubo de escape do Hyundai Nexo. Obviamente este não é um carro comum, nem tão pouco as suas emissões. Inicialmente fiquei chocada com o conceito, mas agora posso dizer que foi um dos projetos mais incríveis em que já tive a oportunidade de participar. Estar envolvida neste processo, para demonstrar os efeitos da inalação das emissões diretas do Hyundai Nexo, nomeadamente vapor de água e oxigénio, foi um desafio incrível do qual tive o orgulho de participar”, refere Mireia Belmonte.

O Nexo é uma peça chave na estratégia ecológica da Hyundai. A marca pretende lançar 38 modelos “verdes” até 2025.

Para atingir maior impacto e demonstrar os efeitos positivos desta tecnologia, a Hyundai colaborou de perto com o Centro Nacional de Hidrogénio e com o Centro Médico Desportivo Espanhol Camde. Juntos ofereceram o seu apoio e asseguraram que as filmagens decorriam em segurança, para além de deixarem o seu testemunho para o filme making-of.

Em 2013, a Hyundai lançou o seu primeiro veículo a hidrogénio, o ix35 Fuel Cell. O Nexo, em 2018, é a segunda geração de Veículo Elétrico Fuel Cell (FCEV) da marca sul-coreana, que garante um alcance de 666 km com um único abastecimento (ciclo de testes WLTP).

Enquanto Mireia treinava, o seu bem-estar era observado de perto pelo clínico Vicente de la Varga Salto, Diretor do Centro Médico Desportivo Espanhol Camde, e a sua equipa.

Este médico é um grande defensor do hidrogénio enquanto excelente alternativa aos combustíveis fósseis já que, para além de prevenir efeitos prejudiciais à saúde publica, o hidrogénio purifica o ar: “Inalamos variadas partículas sólidas produzidas pelos combustíveis fósseis quando respiramos. Considerando os milhares de veículos em circulação, multiplicam-se as formas como as suas emissões podem prejudicar o ser humano. A grande vantagem dos motores a hidrogénio é que não só têm zero emissões como ainda filtram o ar poluído, para gerar energia”.

De acordo com Mónica Sánchez Delgado, Diretora da Unidade de Engenharia Aplicada do Centro Nacional de Hidrogénio de Espanha, “o hidrogénio vai ser a única alternativa para a descarbonização à escala mundial. Até à data, não existe qualquer outra alternativa que nos permita atingir os objetivos de descarbonização ambiciosos estabelecidos para a Europa”.

Conjugação de fuel cell, motor elétrico, bateria e depósitos de hidrogénio

O Nexo emite apenas vapor de água limpo e purifica o ar durante a condução, filtrando 99,9% das partículas do ar no processo. Este FCEV é composto por fuel cell, motor elétrico, bateria e depósitos de hidrogénio. Quando o hidrogénio armazenado nos depósitos passa para a bateria, este divide-se em protões e eletrões. O fluxo de eletrões criado no fuel cell cria a energia para alimentar o motor elétrico, enquanto os protões reagem às moléculas de oxigénio no ar gerando calor e água, a única emissão do Nexo.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of