França vai ser palco da exibição e do teste de um novo projeto-piloto em que os carros elétricos são o grande protagonista. Em 2020 será colocado em prática o projeto-pioneiro apelidado de “Plug&Charge”, que consiste numa tecnologia que recorre ao standart ISSO 15118. 

A proposta define uma nova forma de comunicação entre os veículos elétricos e a rede de carregamento, através de certificados digitais. Por enquanto, as únicas opções a que os proprietários destes veículos podem recorrer para aceder a um posto público de carregamento são os cartões RFID (identificação por radiofrequência e as aplicações para smartphones. 

Após esta iniciativa ser colocada em prática, e graças aos certificados digitais que dela fazem parte, assim que conectado com o automóvel, o carregador recebe dados encriptados do veículo e é processado o pagamento. Desta forma será mais fácil deste tipo de serviço. 

São os grupos Virta, plataforma fornecedora de pontos de carregamento para veículos elétricos, Efacec, SDEY (Department Energy Association of Yonne) e Hubject, que dão a cara pelo projeto “Plug&Charge”. 

As empresas que delinearão a proposta garantem que, através do “Plug &Charge”, a população passará a usufruir “da tecnologia de carregamento mais fácil, integrada e segura”.

Os carregadores são produzidos pela Efacec que disponibilizará os primeiros exemplares no próximo ano, para que sejam testados em França. É pela cidade francesa, Yonne, que seis “Plug&Charge”, modelo HV160, serão distribuídos e instalados. 

O funcionamento da parceria

A parceria funciona da seguinte forma: a Hubject irá fornecer o ecossistema Plug & Charge e a infraestruturas públicas essenciais associadas. 

Relativamente aos pontos de carregamento, estes estarão conectados à rede multi-operador da Hubject, com a ajuda da plataforma Virta. Um detalhe importante de esclarecer é que os pontos de carregamento funcionarão em toda a Europa, assim como a restante rede de carregamento SDEY. 

A opinião dos criadores do projeto

Do ponto de vista de Duarte Ferreira, Global Business Development Director, “projetos como o ‘Plug&Charge’ permitem que a Efacec continue a fornecer os seus produtos e competências, com o objetivo de tornar a mobilidade sustentável uma realidade na Europa”, defende. 

“Estamos integrados neste teste de solução completa com o principal objetivo conjunto de promover o futuro da mobilidade elétrica”, frisa Christian Hahn, Ceo da Hubject. O grupo assume-se orgulhoso por ser “um acelerador de inovação com o ecossistema Plug & Charge”.

Segundo explica Jean-Noël Loury, presidente da SDEY, “em Yonne acreditamos na cooperação europeia e na inovação para promover a mobilidade sustentável”. O presidente acrescenta ainda que “procuramos constantemente modelos inovadores, seguros e de fácil utilização, para melhorar o uso dos veículos elétricos”. Na sua opinião, “com este projeto estamos a elevar a nossa infraestrutura de carregamento a um outro nível”, considera.

Allan Ahlgren, vice-presidente de vendas na Virta, dá especial ênfase ao facto de a empresa estar a implementar um projeto pioneiro – “a Virta tem estado sempre na linha da frente com novos desenvolvimentos. Agora também queremos estar entre os pioneiros a implementar novas tecnologias ao nível do utilizador”, assume. Allan Ahlgren afirma ainda que “o projeto piloto foi construído por um grupo no qual todos os participantes são líderes mundiais”, destaca.  

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of