No primeiro trimestre de 2019, a procura por carros movidos a energias alternativas na União Europeia aumentou 25,9%, de acordo com as estatísticas da Associação de Construtores Europeus de Automóveis (ACEA).

Este crescimento foi impulsionado pela globalidade do segmento de veículos com carregamento elétrica, que, no seu conjunto, cresceram 40%, com 99.174 unidades registadas.

Dentro deste segmento, as vendas de veículos elétricos a bateria (BEV) cresceram substancialmente (+84,4%), enquanto os registos de híbridos plug-in permaneceram estáveis.

Os veículos elétricos híbridos convencionais (HEV) tiveram um bom desempenho (+33,3%), totalizando 184.808 unidades vendidas nos três primeiros meses do ano, a nível europeu.

Em contrapartida, as matrículas de viaturas a GPL (gás de petróleo liquefeito) e GNV (gás natural) diminuíram 7,2% no primeiro trimestre, sobretudo devido a uma queda acentuada na procura por veículos movidos a gás natural (GNV).

Principais incrementos

Segundo a ACEA, os registos de novas matrículas de veículos com energias alternativas tiveram um incremento substancial em todos os principais mercados da UE.

Ainda assim, os maiores ganhos percentuais verificaram-se na Dinamarca (+76,1%), Roménia (+72,6%), Bulgária (68,3%) e Alemanha (+62,9%) – no caso alemão, principalmente devido à duplicação das vendas entre os híbridos.

Espanha assinalou um crescimento de 48,9% e Portugal teve um ganho de 46,8%.

No gráfico pode selecionar o país ou região que pretende para saber as vendas neste primeiro trimestre de 2019, face ao período homólogo de 2018.

Fonte: ACEA. Nota: ECV inclui BEV e PHEV; HEV são híbridos convencionais; “APV other than electric” refere-se a outros veículos de propulsão alternativa, o que inclui os carros a GPL e GNV.

 

Abaixo encontra os volumes de vendas de veículos eletrificados (que incluem BEV, PHEV, HEV, GPL e GNV), ordenados pelos maiores crescimentos relativos no espaço europeu:

1º trimestre 1º trimestre %
2019 2018 Variação
Dinamarca 5 504 3 125 76,1
Roménia 1 963 1 137 72,6
Bulgária 658 391 68,3
Alemanha 67 405 41 377 62,9
Estónia 554 353 56,9
Irlanda 6 983 4 465 56,4
Holanda 16 978 11 379 49,2
Espanha 32 546 21 854 48,9
Portugal 5 545 3 777 46,8
Hungria 2 325 1 615 44,0
Áustria 5 354 4 171 28,4
Grécia 1 568 1 244 26,0
Letónia 339 269 26,0
Suécia 14 387 11 833 21,6
Finlândia 5 672 4 771 18,9
França 38 496 33 400 15,3
Reino Unido 40 837 35 606 14,7
Lituânia 527 489 7,8
Bélgica 10 239 9 605 6,6
Polónia 8 723 8 255 5,7
Itália 70 880 68 253 3,8
Eslováquia 849 829 2,4
República Checa 1 922 1 951 -1,5
Eslovénia 614 631 -2,7
UNIÃO EUROPEIA 340 868 270 780 25,9
UE15 322 394 254 860 26,5
UE (novos membros) 18 474 15 920 16,0
Suíça 7 351 4 603 59,7
Noruega 27 073 19 808 36,7
Islândia 667 850 -21,5
EFTA 35 091 25 261 38,9
UE + EFTA 375 959 296 041 27,0
UE15 + EFTA 357 485 280 121 27,6
Fonte: ACEA

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of