O estudo de gestão de recursos ambientais promovido pela Nikkei Inc. que, anualmente, avalia e reconhece as melhores práticas e iniciativas empresariais japonesas em matéria de sustentabilidade ambiental, nomeadamente na indústria transformadora, colocou este ano na primeira posição a Konica Minolta.

O estudo da Nikkei Inc., que teve agora a sua 22ª edição, é realizado a empresas japonesas e baseia-se em cinco critérios, tendo a Konica Minolta recebido a classificação máxima (100%) no sistema de promoção da gestão ambiental; na circulação de recursos; e no combate às alterações climáticas. Obteve ainda a pontuação de 98% no combate à poluição e preservação da biodiversidade; e nos produtos.

O estudo da Nikkei Inc. baseia-se em cinco critérios. A Konica Minolta recebeu a classificação máxima (100%) em três critérios e uma pontuação de 98% em dois parâmetros.

Para Vasco Falcão, diretor-geral da Konica Minolta Portugal e Espanha, “este reconhecimento é fruto do nosso empenho e investimento contínuo na área da sustentabilidade”.

O responsável da Konica Minolta na Península Ibérica, “por sermos uma empresa mundial, líder no nosso setor de atividade, existe um grande sentido de responsabilidade social. Significa que analisamos, continuamente, o impacto global da nossa atividade, designadamente a nível ambiental o que nos permite estabelecer planos sólidos, com compromissos e metas bem claras, que aplicamos de forma transversal aos vários mercados onde temos operação ou que adequamos à realidadede cada mercado. A gestão ambiental é, de facto, parte integrante da nossa estratégia de negócios”.

Decorrente da sua estratégia de Responsabilidade Social Corporativa, a Konica Minolta desenvolveu o ECO Vision 2050

Ao longo dos anos, face ao crescimento do negócio e de uma operação cada vez mais global, a Konica Minolta tem vindo a desenvolver e a implementar políticas e iniciativas nas diferentes áreas da sustentabilidade, com particular foco no ambiente, de forma a minimizar o impacto atual e futuro da sua atividade.

Globalmente, a Konica Minolta desenvolveu, já em 2009, o ECO Vision 2050, o plano de longo prazo da empresa, através do qual procura dar o seu contributo para a sociedade atual e para as próximas gerações.

Entre os objetivos a alcançar até 2050, encontra-se a redução, em 80%, das emissões de CO2 dos seus produtos ao longo do ciclo de vida, em comparação com os níveis do ano fiscal de 2005.

Já no início de 2019, a Konica Minolta assumiu como meta obter 100% da sua eletricidade a partir de energia renovável até 2050 e, ainda sob o mesmo tema, participa no RE100, uma iniciativa mundial que reune empresas influentes que se comprometem em fornecer energia 100% renovável.

Konica Minolta apoia empresas a acelerar o trabalho sem papel

Face ao atual contexto, a Konica Minolta disponibiliza diferentes soluções de equipamentos que incluem ferramentas que pretendem tornar as redes de comunicação mais eficazes, simplificar e agilizar processos que levam a poupanças e redução de custos, permitindo, desse modo, a melhor tomada de decisões e viabilizam negócios mais inteligentes. Uma das maiores apostas da Konica Minolta tem sido apoiar as empresas a acelerar o trabalho sem papel, já que o consumo deste material continua a ser um dos maiores desafios em escritórios em todo o mundo.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of