Depois de no ano passado a Lacoste ter estreado uma coleção especial “Save Our Species” (“Salvem as nossas Espécies”), a marca de vestuário repetiu a iniciativa de substituir o seu famoso crocodilo nalgumas peças de roupa por animais ameaçados de extinção.

O símbolo da Lacoste em polos deu, assim, lugar a símbolos de dez outras espécies ameaçadas. Uma das quais o Lince Ibérico.

A parceria da Lacoste com a International Union for Conservation of Nature – IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza) tem uma duração prevista de três anos.

A parte da edição comercializada online esgotou em pouco tempo, dado que era limitada.

Nesta versão 2019 da coleção que apela à preservação da biodiversidade, a quantidade vendida voltou a ser equivalente ao grau de ameaça de extinção de cada espécie, mais especificamente ao número de exemplares existente de cada uma dessas espécies.

 

O número de polos produzidas é igual à quantidade conhecida de animais vivos.

O polo com a Coruja das Ilhas Comores, por exemplo, teve apenas 400 exemplares disponíveis para compra. Já o polo com a Baleia-franca do Atlântico Norte teve 444 unidades à venda.

O Lince ibérico faz parte da coleção

Outros animais, como a Foca-Monge-do-Hawai (1400 exemplares) e o Lince-Ibérico (589 exemplares), também foram lembrados nos polos, com distribuição restrita em lojas da Lacoste em diferentes cidades do planeta.

As 10 espécies de 2018

Em 2018, foram produzidos 1775 polos a apelar à conservação das seguintes dez espécies:

Iguana de Anegada (450 exemplares), Tigre de Sumatra (350 exemplares), Antílope Saola (250 exemplares), Condor da Califórnia (231 unidades), Papagaio kakapo (157 unidades), Gibão negro cristado oriental (150 unidades), Rinoceronte de Java (67 unidades), Lémure desportivo do Norte (50 exemplares), Tartaruga Burmese (40 exemplares) e o cetáceo Vaquita (30 unidades).

 

Outros animais consagrados na coleção 2019: Sapo galinha-da-montanha (132 exemplares), Libélula Risiocnemis Seidenschwarzi (50 exemplares), Addax (90 exemplares), Morcego do Yémen (150 exemplares), Peixe Allotoca Maculata (150 exemplares) e Vombate de Nariz Peludo do Norte (115 exemplares).

A receita da venda dos 3520 polos reverterá a favor da International Union For Conservation of Nature (União Internacional para a Conservação da Natureza), organização civil que se bate pela conservação da vida selvagem.

A venda foi feita em pontos específicos da rede Lacoste:

    • Paris – Champs Elysées (Lince Ibérico)
    • Londres – Covent Garden (Morcego do Yémen)
    • Los Angeles – Rodeo Drive (Peixe Allotoca Maculata)
    • Tóquio – Shibuya (Vombate de Nariz Peludo do Norte)
    • Miami – Lincoln Road (Frango da Montanha)
    • Berlim – Kudamm (Antílope Branco Addax)
    • Xanghai – Shanghai Kerry (Libélula de Cebu)
    • Nova Iorque – Broadway (Baleia Franca do Atlântico Norte)
    • Seul – Garosugil (Coruja Moheli)
    • No site Lacoste.com (Foca Monge do Hawai)

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of