Espanha está empenhada em conseguir um projeto de uma fábrica de baterias para veículos elétricos. Teresa Ribera, ministra espanhola para a Transição Ecológica, efetuou há algumas semanas uma viagem à China em busca de parceiros com os quais pudessem ser estabelecidas as bases para a instalação de uma fábrica de baterias no país vizinho.

De acordo com a governante, foi já assinado um contrato de colaboração para se poderem criar essas unidades fabris em Espanha a curto prazo.

“Queremos desenvolver a nossa própria tecnologia”

“Tendo em conta que uma percentagem muito elevada do que produzimos é exportada, 60%, a Europa receberá essas baterias. No âmbito da European Battery Alliance, também queremos desenvolver a nossa própria tecnologia. Acreditamos que a curto prazo precisamos de uma ou duas fábricas, cuja implantação supõe investimentos muito elevados, mas a nossa vontade é que a Espanha, no âmbito da Europa, tenha a sua própria tecnologia. Precisamos desta tecnologia de bateria europeia para que os outros não decidam por nós”, salienta a ministra.

Segundo este membro do governo espanhol, o automóvel elétrico tem o potencial de criar 3.000 postos de trabalho no seu país.

Teresa Ribera considera que a disrupção trazida pelos automóveis elétricos representa a oportunidade para repensar a mobilidade.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of