A Volvo aproveita plástico reciclado para criar bancos, tendo o desenvolvimento sido premiado.

Também a Ford tem vindo a dar uso a esta matéria extraída a partir do petróleo para criar tapetes para o Ecosport.

Sabia que…
… os europeus geram, anualmente, 25 milhões de toneladas de resíduos de plástico, das quais menos de 30% são recolhidas para reciclagem?

Cada exemplar deste SUV da Ford, de 4096 mm de comprimento, está equipado com tapetes feitos com 470 garrafas descartáveis de plástico.

Feitas as contas, desde que a marca norte-americana lançou o EcoSport, a nível global, em 2012, já foi dada uma nova vida a mais de 650 milhões de garrafas de 500 mililitros, num total de 8.262 toneladas que – se colocadas de ponta a ponta – daria mais do que duas vezes a volta ao mundo.

Como é feito um tapete destes?

A Ford refere que recicla 1,2 biliões de garrafas de plásticos, a nível mundial, por ano, desde que, há mais de 20 anos, utilizou pela primeira vez plástico reciclado no Mondeo.
A transformação de plástico em tapetes de um automóvel começa por envolver a destruição das garrafas e das suas tampas em pequenos flocos.

Este granulado é então aquecido a 260°C e derretido antes de serem formados em fibras da largura de um único cabelo humano. Várias fibras torcidas criam um fio, sendo esse material que é tecido em tapetes.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of