A empresa Inframoura, que tem a seu cargo a conservação e manutenção de todos os espaços públicos na zona de Vilamoura, Algarve, instalou um sistema inovador de armazenamento de energia que irá maximizar a produção da sua central solar fotovoltaica e torná-la mais estável e resiliente.

A solução de armazenamento de energia recorre a baterias de iões de lítio, usadas anteriormente em veículos elétricos e adaptadas pela EVolution em parceria com a ZEEV, viabilizando a sua reutilização para uma segunda vida útil.

O projeto foi desenvolvido pelo Grupo ZEEV numa parceria interna das empresas do grupo, unindo sinergias e know-how de energias renováveis e baterias second-life

A solução apresentada resulta de uma das medidas apresentadas no Plano de Descarbonização da Inframoura, recentemente aprovado, que contou com a colaboração estreita da Agência Regional de Energia e Ambiente do Algarve (AREAL).

A solução de armazenamento de energia agora implementada constitui um passo inovador na transição para uma economia neutra em carbono e aborda vários dos princípios basilares do Plano Nacional Energia Clima (PNEC 2030), como a aposta na proximidade entre produção e consumo de energias renováveis, aproveitamento dos recursos endógenos (o sol) e a transição para uma economia circular.

As baterias serão carregadas pela energia produzida na central solar fotovoltaica já existente e disponibilizada nas instalações em períodos com baixa ou sem radiação solar.

A solução agora implementada no edifício sede da Inframoura permitirá uma autonomia de 100% da rede elétrica de distribuição convencional, só recorrendo à mesma em caso de contingência.

Esta autonomia permitirá minimizar as emissões de gases com efeito de estufa (14 toneladas de CO2,e/ano), gerar uma significativa poupança anual de energia e tornar a empresa mais resiliente para o futuro mercado de energia elétrica.

Com esta integração de energia fotovoltaica com armazenamento, a Inframoura é uma das primeiras entidade a nível nacional que concretiza um projeto de reutilização de baterias de veículos elétricos para fins estacionários, isto depois de Porto Santo e numa altura em que também o Teatro Camões, em Lisboa, trabalha numa solução idêntica.

Mais informações sobre todos os automóveis elétricos e híbridos plug in na nossa secção de mercado.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of