Neste artigo já tínhamos focado exemplos de arquitetura que traz as paisagens verdes para as cidades. A Fundação Calouste Gulbenkian proporciona hoje, dia 22 de maio, uma visita orientada às cobertas-jardim do seu edifício sede.

“Ao passearmos pelo Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian, nem sempre nos lembramos, ou sequer nos apercebemos, de que, em grande parte da sua área, não estamos com os pés na terra, mas sim em cima de cobertura de edifício”, enquadram os promotores da iniciativa.

A visita é às 17,30h, demorando 90 minutos. O preço é de 5 euros.

Isto porque arquitetura e paisagem estabelecem aqui uma singularidade pioneira a nível mundial, em que uma e outra se tornam indestrinçáveis, como se de uma relação simbiótica se tratasse.

“Que técnicas e dispositivos criam as condições para que tal aconteça? E qual o pensamento subjacente a esta complexa construção, que nos permite fruir as coisas simples da vida, como repousar o olhar no movimento das plantas ou ouvir o murmúrio da água e o chilreio dos pássaros?” são algumas das questões que os interessados podem ver esclarecidas nesta visita orientada pela Gulbenkian.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of