Volvo vence prémio na área ambiental

0
298
Na foto (a partir da esquerda): Sandra Tostar (técnica especialista em aplicações de materiais polímeros), Gunilla Karlsson (diretor de desenvolvimento de produto e ambiente), Andreas Andersson (especialista em materiais sustentáveis) e Kristina Gross (especialista em materiais sustentáveis).

A Volvo Cars recebeu um prestigiado troféu na área ambiental.

A sua estratégia de sustentabilidade e reutilização de material de plástico foi distinguida na edição anual dos “Plastics Recycling Awards Europe” que, este ano, se realizou em Amesterdão, Holanda.

Dentro da categoria “Automotive, Electrical or Electronic”, a marca sueca conquistou o galardão “Product of the Year” com a versão especial Volvo XC60 T8 plug-in hybrid, no qual vários dos seus componentes de plástico foram substituídos por materiais equivalentes de natureza reciclada, como aqui noticiámos.

O ano passado, a Volvo Cars anunciou a sua ambição de pretender atingir, a partir do ano 2025, que, pelo menos, 25% de todo o plástico utilizado em cada um dos seus novos modelos seja produzido a partir de material reciclado.

Compromisso: reduzir impacto ambiental

“Este é o compromisso mais ambicioso sobre a utilização de plástico reciclado feito pelos construtores automóveis e destaca não só, a ambição da Volvo Cars em reduzir o seu impacto ambiental mas também a importância da economia circular no desenvolvimento dos seus automóveis”, afirma o construtor.

Como forma de demonstrar a viabilidade desta premissa, a marca revelou em 2018 uma versão especial XC60 T8 plug-in hybrid, com um aspeto idêntico ao modelo atualmente existente, no qual vários dos seus componentes de plástico foram substituídos por materiais equivalentes de natureza reciclada.

“A Volvo Cars está comprometida com a redução da sua pegada ambiental. Se a indústria automóvel também quiser levar este compromisso a sério terá de ser mais eficiente na reutilização dos seus materiais. Estamos fortemente comprometidos nesta transição e utilizar plástico reciclado é um exemplo da nossa ambição”- Martina Buchhauser, vice-presidente para a área das compras da Volvo.

Esta versão construída faz parte de um alerta feito pela Volvo para a necessidade dos construtores automóveis trabalharem em maior proximidade com os seus fornecedores para que seja possível desenvolver componentes tão sustentáveis quanto possível especialmente aqueles que utilizem plástico reciclado. “Até agora a resposta que tem vindo a ser dada por parte dos fornecedores tem sido muito positiva”, afirma o fabricante.

Por seu lado, a Volvo anunciou em 2017 que pretende reduzir a pegada ambiental dos seus produtos e operações.

Nesse ano, a marca assumiu que, a partir de 2019, todos os seus novos modelos iriam incorporar motorizações eletrificadas. A Volvo Cars reforçou esse objetivo e pretende que, pelo ano de 2025, as motorizações eletrificadas representem cerca de 50% das suas vendas mundiais.

A empresa espera conseguir atingir, a partir de 2025, um impacto climático neutro do seu nível de operações mundiais. Recorde-se que, em 2018, a Volvo Cars havia instalado 15.000 painéis solares na sua fábrica de Ghent, na Bélgica, e que, no início desse mesmo ano, a sua fábrica de Skovde, na Suécia, havia sido a primeira a atingir esse estatuto.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of