A tecnologia está em todo o lado e quando vai às compras há vários dispositivos de Inteligência Artificial cuja presença lhe passa despercebida, mas que permitem que os lojistas direcionem de uma forma mais personalizada o seu atendimento e ajudam a tornar mais eficiente o negócio.

As soluções de vídeo inteligentes são esse “lojista invisível” que presta assistência no comércio tradicional.

Os especialistas da Gateway, uma das empresas que disponibiliza este género de recursos, salientam que “a tecnologia assume um papel fulcral na experiência do cliente. Ela consegue responder assertivamente aos desafios impostos pelo mercado, como a recolha precisa de dados e a sua correta visualização, tendo como objetivo final a tomada de decisões mais fundamentadas e inteligentes sobre a superfície comercial”.

Contagem de clientes e identificação de VIP

Neste aspeto em particular, as tecnologias de vídeo inteligente permitem, entre outras coisas, a contabilização de clientes na loja, a identificação dos clientes VIP ao entrarem na loja proporcionando um acompanhamento personalizado ou ações de marketing direto e ajustado aos hábitos de compra.

Identificar produtos mais populares

Permitem ainda o mapeamento de zonas por fluxo de clientes para identificar na planta da loja as zonas e os produtos mais populares. Estas tecnologias inteligentes possibilitam ainda a gestão de produtos em prateleira, a qual alerta para o índice de ocupação do produto, permitindo uma reposição rápida antes que este atinja um ponto de rutura de stock.

Outras mais-valias são a integração da informação do POS (Point of Sale) na imagem de vídeo, de modo a executar uma auditoria mais precisa às praticas de gestão de numerário e erros de caixa e a deteção e a gestão de filas em tempo real, evitando o excesso de clientes em espera ou um tempo de espera muito longo, ajudando assim na organização de colaboradores nas caixas de pagamento.

“As soluções de vídeo inteligentes e que contam muitas vezes com funcionalidades de autoaprendizagem são ferramentas privilegiadas para conferir aos responsáveis de loja as perspetivas de que necessitam para atualizarem os seus espaços e melhorarem os índices de competitividade. Quem está disponível para adotar estas soluções irá conseguir rapidamente conferir as suas mais-valias e recolher os frutos da eficiência e rentabilidade que elas conferem”, afirma a Gateway.

Número de pessoas vs. talões de venda

Entre as soluções inteligentes disponíveis encontram-se câmaras IP de contagem de pessoas 3D (imagem estereoscópica) que permitem obter informação do número de entradas e saídas. Permite ainda filtrar pela altura, excluindo objetos ou animais. “Este tipo de solução permite acompanhar o fluxo de clientes na loja, que interligado ao sistema de faturação, permite obter a taxa de conversão do número de pessoas vs. talões de venda emitidos”, explica a Gateway.

A análise de fluxo por hora, dia, semana, mês ou ano permite gerir o número de colaboradores e seus horários.

A instalação deste tipo de recursos sobre a porta de entrada de lojas de rua ou em corredor de centro comercial, permite, igualmente, contabilizar o número de pessoas que entram na loja vs. o número de pessoas que passou frente à loja e não entrou. É possível assim obter dados sobre a qualidade da localização da loja e a preferência dos clientes pela mesma.

Tempo de permanência na loja

Explica a Gateway que outra das soluções é a câmara fixa com analítica de gestão de fila. Esta solução realiza a gestão de clientes na fila de caixa, com indicação do número de pessoas e o seu tempo de permanência. “Permite gerar alarmes de acordo com valores a definir para o número máximo de pessoas e tempo de espera, ajudando na decisão de abertura ou fecho de caixas de pagamento”, referem estes especialistas.

Reconhecimento facial

Cada vez mais relevante, tornam-se as soluções de câmaras fixas com analítica de reconhecimento facial. Estas soluções permitem o reconhecimento facial tridimensional e a captura de imagem facial na entrada de loja. “O reconhecimento de um cliente frequente ao entrar em loja, permite gerar ações de marketing direto, ou um acompanhamento mais personalizado de acordo com os hábitos de compra ou as necessidades deste”, afirma a Gateway que acrescenta que este sistema permite “a comparação instantânea da pessoa com a fotografia presente na base de dados de imagens e a ativação de alarme em caso de correspondência. É, portanto, possível identificar e alertar para a entrada de clientes problemáticos na loja”.

Loja do SL Benfica com contagem de pessoas e RFID

Um local onde é possível encontrar este tipo de solução inteligente instalada pela Gateway é nas lojas do Benfica. O espaço do clube, no Centro Comercial Colombo, conta já com as soluções de Contagem de Pessoas e o sistema anti-furto RFID, visando a segurança.

Explica a Gateway que a loja do Benfica, no Colombo, conta também com a instalação de um sistema anti-furto RFID (do inglês “Radio-Frequency IDentification”), com antenas de teto e de chão. “Este sistema invisível (na sua vertente de antena de chão) é capaz de combinar as funções logísticas do RFID com as de anti-roubo do tradicional EAS (Electronic Article Surveillance), garantindo a segurança discreta dos espaços. Capaz de detetar etiquetas adesivas e rígidas facilmente ocultáveis, ​​através de mais de 350 cm, é uma solução altamente eficaz”.

A maior vantagem deste sistema RFID passa pela capacidade de não só gerar alarme em caso de furto, mas também de identificar especificamente, via software, qual o produto em questão que está a ser furtado. “Pelo facto de o controlador da antena estar ligado em rede, permite que as assistências técnicas possam ser feitas remotamente, com maior eficácia e rapidez”, declara a Gateway.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of