O Grupo BMW e a Daimler estão a unir esforços e a apostar em conjunto no desenvolvimento de sistemas de condução autónoma.

“No Grupo BMW, parcerias de longo prazo dentro de uma plataforma flexível e não exclusiva são fundamentais para o avanço da industrialização da direção autónoma. Combinando a experiência chave das nossas duas empresas, aumentaremos a nossa força inovadora e aceleraremos a disseminação dessa tecnologia” – Klaus Fröhlich, membro do Conselho de Administração da BMW AG, Development

Inicialmente, o foco será o avanço do desenvolvimento de tecnologias de última geração para sistemas de assistência ao condutor, condução automatizada em autoestradas e recursos de estacionamento (até ao nível SAE 4).

A geração de tecnologias de Nível 3 que a BMW desenvolve entrará em produção em série em 2021 no iNEXT, o qual estará preparado para pilotos de Nível 4.

As duas empresas assinaram um memorando de entendimento para desenvolver conjuntamente essa tecnologia, considerada como fundamental para a mobilidade futura.
Porém, ambos os fabricantes encaram esta parceria como uma cooperação estratégica a longo prazo, procurando tornar as tecnologias de próximo nível amplamente disponíveis até meados da próxima década.

A união de esforços entre BMW e Mercedes-Benz também aconteceu com a “Share Now”, a nova empresa de carsharing, assente no conceito de free-floating, que une a car2go (da Daimler) e a DriveNow (do Grupo BMW) sob a mesma marca. O “Share Now” é, aliás, um dos cinco serviços de mobilidade sob a joint venture do Grupo BMW e da Daimler AG – os outros são Ride-Hailing, Parking, Charging e Mobilidade Intermodal.

A cooperação entre as duas insígnias permitirá acelerar e agilizar o desenvolvimento de futuras gerações de tecnologia.

“Para ambas as empresas, a segurança dos ocupantes dos veículos e outros utilizadores da via é muito importante e uma das  razões para tornar a confiança dos sistemas um critério fundamental para a colaboração”, sublinham os grupos.

 

“Para nós, a direção autónoma é uma das tendências mais revolucionárias e o Grupo Daimler está a trabalhar muito nessa vertente. Em vez de soluções individuais autónomas, queremos desenvolver um sistema geral que seja confiante e que ofereça valor agregado aos clientes. Trabalhando com os parceiros certos, queremos fazer avanços significativos na melhoria do desempenho dessa tecnologia e colocá-la em segurança na estrada” – Ola Källenius, membro do Conselho Administrativo da Daimler AG.

 

O trabalho conjunto de desenvolvimento será realizado através de uma arquitetura ajustável que abrange várias etapas de automação, com os níveis 3 e 4 permitindo a condução automatizada em autoestradas.

Em 2019, a Daimler irá lançar, em San José, em Silicon Valley, o seu primeiro programa piloto, com a Bosch, em veículos autónomos (Níveis 4/5) em ambientes urbanos.

Além disso, os dois parceiros planeiam discutir a possibilidade de estender a sua colaboração para cobrir níveis mais altos de automação, tanto em autoestradas como em áreas urbanas.

Não obstante esta parceria, o Grupo BMW e a Daimler explorarão também parcerias adicionais com outras empresas de tecnologia e fabricantes de automóveis que podem contribuir para o sucesso da plataforma.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of