Durante o evento “O Futuro da Mobilidade Urbana”, que decorreu ontem, no Teatro São Luiz, a empresa anunciou o alargamento da sua área de serviço. Passa agora a incluir Benfica, Olivais e Bairro da Cruz Vermelha.

Para celebrar este acontecimento, a emov está, até ao final do mês, com uma promoção de inscrição gratuita e oferta de uma Semana Grátis para experimentar o serviço. Mais informações aqui.

A emov é a primeira empresa de carsharing com uma frota 100% elétrica a atuar em Portugal. Iniciou a sua atividade em Lisboa a 18 de abril do ano passado.

Próximos passos da mobilidade em Lisboa

Ignacio Román, Diretor Geral da emov Espanha e Portugal, explicou que, com a realização do evento “O Futuro da Mobilidade Urbana”,  a emov pretendeu colocar na ordem do dia a discussão sobre o futuro da mobilidade, bem como o contributo das empresas que fazem parte deste novo ecossistema de partilha.

«A colaboração público-privada é essencial para sustentar o progresso e todos os atores deste setor devem ter a missão de otimizar, todos os dias, os seus serviços para melhorar a intermodalidade, completando assim a gama de possibilidades presentes nas cidades», acrescentou. Para Ignacio Román,

Chegou a altura de inverter a tendência errada que durante décadas nos levou a planificar os centros urbanos com outro foco que não os seus habitantes – Ignacio Román

O evento, promovido pela emov, reuniu alguns dos mais importantes players da mobilidade em Lisboa.

O evento “O Futuro da Mobilidade Urbana” contou ainda como oradores com a participação da PSA GROUP, eCooltra, EDP, Emel, Free2Move e Lime.

Todos foram unânimes em elogiar o envolvimento das entidades públicas nas suas atividades. Aliás, as autarquias portuguesas têm-se destacado pela sua abertura a novas soluções de mobilidade.

Estacionamento para veículos partilhados

Um dos principais problemas dos utilizadores de automóveis partilhados é o estacionamento no destino. Apesar dos emov poderem ser estacionados em áreas de parquímetro, graças à parceria com a EMEL, a verdade é que muitas vezes não é fácil encontrar lugares livres.

Nesse sentido, o Vereador da Mobilidade e Segurança da Câmara Municipal de Lisboa, Miguel Gaspar, anunciou a aprovação de mais novos 40 lugares de estacionamento exclusivos para car sharing, adiantando que estão também em estudo 60 novos lugares.

O objetivo da autarquia lisboeta é o de chegar, em breve, a 130 lugares de estacionamento para veículos partilhados.

Miguel Gaspar referiu ainda a importância que tem a renovação dos transportes públicos para a cidade de Lisboa. Para além do reforço em equipamentos, o edil sublinhou as importantes medidas relativas aos passes com valor máximo de 40 euros para toda a área metropolitana de Lisboa.

Também referiu, embora sem concretizar, que podem estar para breve medidas de restrição de circulação dos veículos mais poluentes em áreas da cidade.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of