A partir desta quinta-feira há mais 750 bicicletas elétricas partilhadas. Distinguem-se pela decoração vermelho alaranjado e têm bem visível a marca Jump. Vão estar disponíveis em 90% do município de Lisboa.

A Jump é uma start up americana, comprada pela Uber em abril do ano passado por um valor estimado de 180 milhões de euros.

Está presente em várias cidades em todo o mundo, mas escolheu Lisboa para arrancar com uma frota de bicicletas elétricas partilhadas. Dentro de algumas semanas, outras cidades europeias irão também receber este serviço.

A App da Uber

A grande vantagem da Jump é que funciona com a App da Uber, que tem já muitos milhares de utilizadores em Portugal.

Para andarmos de Jump, precisamos de abrir a aplicação Uber e selecionar a respetiva “Pedalar”. A opção por defeito é “Viajar”…

Depois, escolhemos uma bicicleta estacionada nas proximidades, que fica reservada para nós. Quando chegamos perto da “nossa” bicicleta, introduzimos o PIN de desbloqueio revelado na aplicação, que permite remover o cadeado. 

Após a utilização, devemos deixar a bicicleta dentro da zona Jump apresentada no mapa da aplicação. Voltando a usar o sistema de bloqueio para finalizar a viagem.

Ao contrário das Giras, que têm que ser levantadas e deixadas em áreas específicas, as Jump funcionam de forma dockless. Isto significa que o utilizador pode parar a bicicleta em qualquer parte da cidade, desde que o faça dentro da zona de serviço.

As bicicletas têm um cadeado incorporado. Este deve ser obrigatoriamente trancado ao mobiliário urbano (existente ou criado especificamente com esse fim) ou nas zonas dedicadas a esse estacionamento, no final de cada viagem.

O preço estabelecido para Lisboa é de 15 cêntimos por minuto. Mas, para celebrar o lançamento em Lisboa, a Uber tem a oferta de 10 dias de viagens gratuitas (2 viagens no máximo, até 20 minutos). A empresa distribuirá também capacetes gratuitos, para promover a segurança na utilização das suas bicicletas.

A Jump elétrica

Para além da cor distinta e que se vê muito bem ao longe, as Jump são bicicletas com assistência à pedalada. Isto significa que o motor elétrico só funciona quando o utilizador pedala, potenciando o seu esforço. Tal permite, por exemplo, subir uma das colinas de Lisboa com o mesmo esforço que faríamos em plano. O sistema de assistência elétrico só funciona até aos 25 km/h.

As Jump com carga total têm autonomia de 45 km, GPS integrado e um mecanismo de bloqueio específico, chamado true-lock.

Cada conta Uber só pode alugar uma bicicleta de cada vez, o que pode ser uma limitação para usar a bicicleta em família 

O serviço da Jump está disponível 24 horas por dia.

Para mais informações, pode ver o site da Jump Lisboa aqui.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of