De acordo com um inquérito feito aos seus clientes, a DriveNow indica que 84% dos inquiridos refere que optaria por um automóvel elétrico, em relação a um veículo de combustão, em áreas urbanas.

E 36% dos clientes afirma que usaria até mais a DriveNow se houvesse mais veículos elétricos.

A DriveNow é um serviço de partilha de carros (carsharing) do Grupo BMW, operada em Lisboa, em franchising pela Brisa.

“Estes resultados mostram que o carsharing está em franco crescimento e que faz todo o sentido, as cidades fazerem uma aposta neste serviço. O inquérito mostra-nos, também, que, em muitos casos, o primeiro contato com os carros elétricos é feito através do carsharing, pois 75% conduziram um carro elétrico pela primeira vez com a DriveNow”, sublinha a empresa.

Sustentabilidade ambiental

A grande maioria (80%) dos entrevistados indicou a sua preferência por um veículo elétrico em oposição a um veículo de combustão, por estes serem mais amigos do ambiente.

“Houve uma excelente aceitação dos carros elétricos da nossa frota, o que nos leva a acreditar que com o carsharing a expansão da mobilidade elétrica, urbana, pode ser acelerada. Este serviço é, claramente, um ponto de ligação para que as pessoas tomem contacto com os carros elétricos e esta experiência é benéfica para uma nova tomada de consciência por parte dos condutores nas zonas urbanas”, refere João Oliveira.

Para o diretor-geral da DriveNow em Portugal, “a maioria dos clientes tem uma preocupação grande com as questões ambientais, o que nos mostra que este é um caminho para continuar”. João Oliveira acrescenta que “este é um dos motivos que nos levou a aumentar o número de i3 na nossa frota”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of