A Nissan vai custear 100 Postos de Carregamento Rápido (PCR) em Portugal, num investimento de dois milhões de euros por parte do fabricante japonês, até final de 2020.

De acordo com Antonio Melica, diretor-geral da Nissan Portugal, este esforço evidencia o forte compromisso que o construtor tem para com Portugal, com o propósito de incentivar a mobilidade elétrica.

Desta centena de PCR, 20 serão instalados em postos da Galp, fruto de uma parceria que a Nissan já selou com a petrolífera nacional. Outros acordos com outras empresas estão em cima da mesa.

Estes postos permitirão o carregamento de elétricos de todas as marcas, não estando, portanto, restritos a modelos Nissan, ainda que os proprietários de Leaf venham a usufruir de preços especiais de carregamento nestes PCR, em virtude do referido acordo, para já, com a Galp.

Atualmente, Portugal possui cerca de 60 PCR.

O objetivo do Governo português é que o rácio entre o número de postos de carregamento e os veículos elétricos existentes seja na ordem de um PCR por cada 80 veículos elétricos e um carregador lento por cada 15 viaturas elétricas.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of