Estudante concebe sistema que melhora desempenho de geradores eólicos

0
859
O trabalho premiado visa melhorar o desempenho de geradores eólicos instalados em terra (onshore) e no mar (offshore)

Um estudo que apresenta uma nova estratégia de controlo para geradores eólicos, desenvolvido por Tiago Caetano Madeira, estudante do Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (DEEC) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), foi distinguido com o “prémio ABB”, atribuído pela multinacional ABB (Asea Brown Boveri), no valor de mil euros.

A cerimónia de entrega do prémio decorreu esta quinta-feira, 10 de janeiro, na Sala do Conselho da FCTUC.

Tiago Caetano Madeira realizou o estudo no âmbito da sua tese de mestrado intitulada “Model Predictive Control of a Doubly-Fed Induction Generator Connected to a DC-grid, for Distributed Generation”, tendo obtido a classificação final de 19 valores.

Melhorar tolerância a falhas

O trabalho insere-se na temática mais vasta que tem vindo a ser investigada no Laboratório de Sistemas Eletromecânicos do DEEC e “visa melhorar o desempenho, robustez, fiabilidade e tolerância a falhas de geradores eólicos instalados em terra (onshore) e no mar (offshore), abrangendo desde os geradores usados na microgeração até aos geradores offshore com vários megawatts de potência nominal”, explica Sérgio Cruz, orientador da tese agora distinguida.

Nestes sistemas, refere o docente do Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores da FCTUC, “um dos problemas existentes com as soluções de controlo clássicas são as oscilações do binário a que o gerador fica sujeito, fruto da existência de uma ponte retificadora a díodos na interligação do gerador à rede DC, conduzindo a uma fadiga mecânica acelerada do gerador e ainda a oscilações permanentes na potência injetada na rede elétrica”.

Controlo preditivo

A nova estratégia de controlo agora proposta, baseada em controlo preditivo, “o qual se prevê que seja adotado pelos principais fabricantes de acionamentos elétricos num futuro próximo, elimina na totalidade este problema, garantindo ainda uma melhor resposta dinâmica do gerador e aumentando a sua fiabilidade”, realça Sérgio Cruz.

O “Prémio ABB” distingue anualmente o diplomado do Mestrado Integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores da FCTUC que tenha obtido a classificação mais elevada na dissertação de mestrado, desenvolvida nas áreas de acionamentos / variação de velocidade ou transformadores de potência.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of