Na China, nalgumas das mais congestionadas metrópoles, a gestão da semaforização de certos cruzamentos está a beneficiar da Inteligência Artificial.

Na cidade de Shenzhen, província de Guangdong, os semáforos são capazes de perceber o volume de tráfego a cada instante e, em função disso, abrir a luz verde ou fechar a passagem para os veículos num determinado sentido para tornar o tráfego mais fluído.

Shenzhen é a quarta maior cidade na China. Tinha em 1979 cerca de 30 mil habitantes. Atualmente, tem 20 milhões de pessoas. Aqui, circulam 3,3 milhões de veículos que resultam numa densidade de tráfego de 510 automóveis por quilómetro.

A plataforma tecnológica, desenvolvida pela Huawei, veio, assim, acabar com os longos tempos de espera em cruzamentos que os condutores enfrentavam, mesmo que nenhuma viatura estivesse a cruzar a intersecção.

Os condutores podem agora cruzar este género de interseções, esperando muitas vezes poucos segundos, em certas alturas do dia, quando o trânsito tem menor intensidade.

O segredo por trás deste sistema está numa série de câmaras com Inteligência Artificial (Inteligência Artificial) e numa plataforma digital co-construída pela polícia local e pela Huawei Technologies.

Câmaras de Inteligência Artificial

As câmaras de AI, instaladas perto de semáforos, têm a capacidade de ver 200 objetos em quatro vias. O cérebro do sistema pode ajustar, em tempo real, os semáforos de acordo com a quantidade de veículos nas filas e até com as condições meteorológicas.

A plataforma também pode ajudar a polícia a desempenhar o seu trabalho, identificando automaticamente se as pessoas estão a usar o cinto de segurança ou a mexer no telemóvel enquanto conduzem.

Menos congestionamentos

Desde que foi instalada, por volta de setembro de 2017, esta tecnologia já conseguiu melhorar nalgumas zonas o fluxo de veículos em 8%, tendo a velocidade média de circulação aumentado na casa dos 15%.

Aproveitando a Inteligência Artificial, a computação em nuvem, a Internet das Coisas (IoT) e outras tecnologias de ponta, a Huawei pretende transformar a ideia de uma cidade inteligente em realidade, realçam os seus responsáveis.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of