Começa hoje o Salão AutoMobility LA, um evento que adaptou o seu conceito à mudança que a indústria automóvel enfrenta.

Desde a origem dos Salões, há décadas, que o automóvel tem estado no centro das atenções: em palcos rotativos, rodeado de beldades esculturais ou coberto com capas à espera do momento da revelação.

O mundo está a mudar rapidamente. A indústria e os automóveis também, mas sobretudo estão a mudar as expectativas, os sonhos e as vivências das pessoas que os utilizam.

Essa realidade foi compreendida pela organização do Salão de Los Angeles, que passou a chamar ao evento AutoMobility LA.

A Volvo terá sido o construtor que melhor compreendeu este desafio. Por isso, apresenta um expositor vazio de automóveis, mas cheio de pontos de interação com os visitantes.

“Em vez de trazermos um concept car, falaremos do conceito do automóvel. este ano, não iremos vencer o prémio de “Melhor Carro do Salão” mas estamos confortáveis com isso. este já não é um salão de automóveis.”
Mårten Levenstam – Product Strategy, Volvo Cars

Visão de futuro

O stand da Volvo Cars não tem qualquer automóvel, mas é altamente interativo e tecnológico, com uma série de demonstrações relativos à forma como o construtor sueco percebe o futuro.

Os visitantes do AutoMobility LA vão conhecer os seus serviços conectados, como in-car delivery e o car sharing.

Vai ficar bem clara a visão da Volvo sobre a condução autónoma e quais os desenvolvimentos mais recentes na tecnologia.

Será revelado o protótipo do automóvel do futuro, o concept Volvo 360c, quase como se estivesse à nossa frente.

Vão ser revelados também mais detalhes do serviço de subscrição Care by Volvo.

Mais do que ver automóveis, os visitantes ficarão a conhecer a filosofia, os projetos presentes e futuros da marca. Será uma experiência realmente nova, fugindo à mesma abordagem de sempre.

“A indústria está a mudar. Mais do que construir e vender automóveis, queremos proporcionar aos clientes um serviço inovador e um novo conceito de mobilidade: pessoal, sustentável e segura.”
Håkan Samuelsson – Chief Executive, Volvo Cars

Parcerias importantes

Para alcançar estes objetivos, a Volvo estabeleceu várias parcerias estratégicas.

Os acordos já feitos com empresas como a Amazon, a Google ou a Nvidia, bem como com start-ups tecnológicas como a Luminar e a Zenuity, demonstram o nível de interação inovador que a marca sueca já tem com diversos novos parceiros.

Prevê-se que, a meio da próxima década, metade do volume anual de vendas automóveis seja completamente elétrico. E um terço será autónomo.

Neste contexto a Volvo Cars pretende estabelecer uma relação direta com mais de cinco milhões de clientes.

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of