Gostamos quando as boas notícias vêm aos pares. Depois de longos meses de espera e ansiedade, o Tesla Model 3 já está em Portugal.

Foi apresentado aos detentores de reserva, outros clientes Tesla e também a alguns jornalistas, que apareceram hoje, a partir das 10 horas, na loja da Tesla, no Corte Inglês.

A Tesla Portugal, com o apoio do Tesla Club Portugal, promoveu rapidamente esta estreia, que garantiu a presença, neste primeiro dia, de mais de uma centena de pessoas.

Eu cheguei por volta das 9h30, para rever o Model 3, com o qual contactei há alguns meses. Pode ler tudo sobre esse primeiro encontro aqui.

Durante mais algumas semanas continuarei e ser o único jornalista português que já conduziu este importante veículo, para o seu construtor e para o futuro da mobilidade elétrica. Em breve, outros jornalistas e mesmo o público em geral poderá ficar a conhecer mais de perto o Model 3.

Para já, e durante cerca de duas semanas, pode ser admirado em Lisboa, uma das primeiras cidades europeias a receber um modelo de exibição, adiantando-se a Londres e a Madrid, entre outras.

Versão americana para português ver

O exemplar escolhido tem a cor vermelha triple coat red, uma das de maior impacto disponíveis. É ainda uma versão americana, mas foi possível ver algumas alterações no interior, para melhor, face ao exemplar que experimentei.

A Tesla tem evoluído constantemente o Model 3 e já começa a ser difícil ver defeitos nos materiais utilizados ou na qualidade da montagem.

Sentei-me ao volante e pude testar os dois botões que ajudam a colocar o volante na posição ideal. Uma das colaboradoras da Tesla mostrou-me alguns pormenores no ecrâ central, que comanda praticamente todas as outras funções do Model 3.

É tão simples como um telemóvel ou tablet e permite um interior minimalista bastante diferente daquilo que outros construtores fazem.

Uma comunidade exemplar

Um dos pontos fortes da Tesla são as comunidades locais, mas também internacionais, que os seus entusiastas criaram.

Não se limitam a falar embevecidos dos seus Tesla. Sabem tudo sobre eles. Em Portugal, reunem-se regularmente, têm a sua dinâmica página no Facebook e, sempre que há um acontecimento importante da marca, são os primeiros a chegar.

Muitos acumulam a propriedade de um Tesla Model S ou X com uma reserva para o Model 3. Alguns são ainda pequenos acionistas do construtor. Tudo o que possa ajudar o sucesso da marca, querem estar envolvidos.

Cada um deles é, na verdade, um embaixador da marca, o que é um trunfo para qualquer empresa.

A palavra aos proprietários

Tivemos a oportunidade de falar com Hugo Pinto, administrador do grupo e fundador do Tesla Club de Portugal sobre o Model 3. O Hugo tem um Model S e foi um dos primeiros portugueses a reservar o Model 3, em 2016. Também conduziu o exemplar branco em que andei há alguns meses e revelou-nos os principais pontos de interesse do Model 3: “A Tesla aprendeu as lições com o S e o X e aplicou-as no Model 3. Em muitos aspetos, é um automóvel mais evoluído e aperfeiçoado.”

“Por outro lado, mesmo comparado com o S e o X, que são de outro segmento, o Model 3 é mais de 80% das qualidades por metade do preço. Com este automóvel, não é preciso inventar desculpas ou fazer sacrifícios para ter um veículo elétrico. Embora não seja um automóvel para as massas (o modelo de base, quando chegar, custará cerca de 42 000 euros), é acessível comparativamente com outros modelos de marcas premium.”

Pedro Lopes, que tem um Model S há alguns anos, também tem uma reserva para o Model 3. “Fui a Chicago fazer um test drive oficial do Model 3, com a minha mulher. Acho que fui o primeiro português a fazer o test drive oficial da marca. Adorámos e ficámos ainda mais convencidos a ter um. O Model 3 é para a minha mulher. Desde que ando de Tesla, até invento viagens, tal a satisfação que me dá andar nele. O meu S tem carregamentos grátis em Superchargers para sempre. É ideal para as viagens. O Model 3 tem a grande vantagem de ser mais compacto, mas não lhe falta nada.”

Finalmente confirma-se o CCS

Logo ao início da manhã, a Tesla confirmou que a versão europeia do Model 3 terá uma ficha CCS Combo 2. Este combina uma ficha tipo 2 com a ficha DC e constitui, atualmente, o standard europeu.

A Tesla anunciou que os Model 3 europeus vão ter ficha CCS

É uma aproximação interessante ao mercado europeu, que permitirá ao Model 3 fazer carregamentos rápidos nos postos operados por outras empresas, como a Ionity, por exemplo. Os superchargers da Tesla serão modificados para passarem também a operar com a ficha CCS.

Tal permitirá utilizar qualquer carregador rápido a operar no continente europeu

Esta notícia não é apenas boa para os proprietários Tesla, mas para toda a mobilidade elétrica. Permitindo que os Tesla passem a utilizar carregadores de outras entidades vai aumentar o interesse e o investimento em novos carregadores.

Por outro lado, parece cada vez mais provável que a Tesla também venha a disponibilizar os seus super carregadores a proprietários de outras marcas.

Relebramos que já existem cinco superchargers Tesla em Portugal.

Muitas centenas de portugueses à espera

A Tesla não revelou ainda a data de entrega das primeiras unidades em Portugal. Watts On estima que existam entre 1600 a 2000 reservas já feitas no nosso país.

Também não são ainda conhecidos os preços de venda, mas poderá ver a nossa estimativa aqui.

Se os preços forem próximos da estimativa, o Tesla Model 3 poderá tornar-se um dos modelos mais vendidos no segmento premium em Portugal. Nos Estados Unidos, isso já se verificou, como reportámos aqui há algumas semanas.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of