Diário do SCEWC: Cidades habitáveis e sociáveis

0
197

“Livable Cities” é o tema central de 2018 e o ambiente geral que se vive na Feira de Barcelona é coerente.

A experiência de quem visita o Smart Cities Expo World Congress, é a de caminhar numa cidade onde se vivem as soluções reais de que tanto se fala que irão surgir, onde quem tem sede vai às fontes encher as suas garrafas de água de vidro, onde a iluminação é a suficiente para que se sintam seguros e confortáveis mas, acima de tudo, onde em cada área, distrito, esquina, se superam as expectativas do que se espera encontrar.

Tal como as pessoas fazem as cidades, aqui os visitantes dão vida aos espaços dos expositores.

Vive-se em tempo real a globalização, interesses comuns, partilham-se grandes ideias e contactos.

Para o Watts On, a cidade do Dubai é a mais bem representada a todos os níveis. Tanto pela grande equipa de especialistas neste departamento do governo, como pela imagem das soluções inovadoras que têm vindo a ser desenvolvidas, o nível de detalhe e sofisticação é, de facto, superior.

A Portuguesa Ubiwhere também se faz notar num espaço criado pelo própria equipa, em que se pode assistir em primeira mão à demonstração das funcionalidades inteligentes da sua mais recente “Urban Platform”, com Live Maps and Videos, ocorrências em tempo real e Analytics.

Na zona de congressos, assiste-se ao debate dos principais desafios: transformação digital, ambiente urbano, mobilidade, governação e finanças, assim como inclusão.

O Nobel Laureate, Professor Yunus, fez soar alto longos aplausos pela sua participação inspiradora, cuja mensagem principal foi a de sermos criativos e construirmos os nossos sonhos porque “as pessoas não foram criadas para trabalhar mas para criarem as suas próprias ideias”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of