21 milhões de km feitos por elétricos Nissan: CO2 evitado vale por 160 mil árvores

Ao circularem durante 15 meses nas estradas nacionais, os Leaf e e-NV200, cujos prioprietários aceitaram que a Nissan validasse as distâncias feitas e a energia consumida, percorreram mais de 21 milhões de quilómetros, tendo evitado a emissão de mais de 2,2 milhões de toneladas de CO2. Como a iniciativa LEAF4Trees visa duplicar os benefícios ambientais dos veículos Zero Emissões, a marca decidiu plantar 159.415 árvores no Pinhal do Rei, em Leiria.

0
76

De 1 de abril de 2017 até 30 de junho de 2018 – os proprietários dos elétricos Nissan Leaf e e-NV200 em circulação em Portugal (e conectados à central da marca que regista o número de quilómetros percorridos e energia consumida) percorreram 21.668.071 quilómetros.

“A plantação de 160.000 árvores, para a recuperação das matas nacionais fustigadas pelos grandes incêndios de 2017 representa o esforço de empenho da sociedade civil em torno da recuperação de todo este património florestal milenar”, diz Paulo Salsa, vice-presidente do ICNF.

Este número representa uma não emissão de 2.231.811,291 toneladas de CO2, com base nas emissões médias da Nissan em Portugal em 2017, que foram de 103 g/km (dados oficiais Associação Automóvel de Portugal – ACAP).

Durante este período de tempo, os veículos zero emissões do construtor japonês em circulação no nosso país tiveram um impacto positivo sobre o ambiente em Portugal equivalente ao “trabalho”, também durante esse mesmo período, de 159.415 árvores.

Como consequência disso e ao abrigo da sua iniciativa LEAF4Trees, a Nissan Portugal irá assim plantar, em colaboração com o Turismo Centro de Portugal e do ICNF – Instituto da Conservação da Natureza, esse mesmo número de árvores no Pinhal de Leiria, duplicando o efeito benéfico sobre as emissões de CO2 devidas aos condutores de viatuas 100% elétricas da Nissan.

“Fazemos votos para que outras empresas e instituições sigam o bom exemplo dado pela Nissan, apoiando projetos que tenham impactos positivos em regiões afetadas por catástrofes naturais”, afirma Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

A plantação dependerá da evolução das condições meteorológicas, mas iniciar-se-á durante este inverno para assegurar as condições ótimas de plantação.

“A Nissan vai lançar um desafio aos seus clientes – quer dos automóveis elétricos da marca, quer todos os outros –, à sua rede de concessionários e a todas as entidades parceiras, bem como a organismos locais e todos aqueles que se quiserem juntar a esta iniciativa, para participarem no primeiro dia de plantação destas árvores e contribuírem para o projeto LEAF4Trees”, aponta o importador nacional da marca.

Para isso a Nissan Portugal vai disponibilizar em breve uma página no seu site www.nissan.pt para todos os interessados consultarem todos os detalhes e se inscreverem para participar no primeiro dia de plantação, se assim o entenderem.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of