A Iveco Bus assinou um acordo-quadro com a STIB-MIVB (Empresa de Transporte Intermunicipais de Bruxelas) para o fornecimento de 141 autocarros articulados híbridos elétricos Urbanway de 18 metros.

Esta encomenda representa um passo importante para o município de Bruxelas, na Bélgica, fazendo parte do plano de desenvolvimento da rede de mobilidade sustentável e ambientalmente amigável da cidade

O acordo-quadro entre Iveco e STIB-MIVB visa os próximos cinco anos, contemplando também o planeamento, construção, fornecimento, implementação, entrega de peças de reposição e manutenção do pacote de baterias, bem como de todos os componentes da cadeia de tração.

“A introdução destes novos veículos na rede permitirá à STIB-MIVB aumentar, em um terço, a capacidade total da sua rede de autocarros, no final de 2019. Graças a um forte desejo e vontade do Governo, teve início uma nova era na nossa rede, proporcionando aos passageiros maior conforto e uma melhoria da mobilidade e da qualidade de vida em Bruxelas”, afirma Brieuc de Meeûs, CEO da STIB-MIVB.

O modelo híbrido elétrico Urbanway, de 18 metros de comprimento, tem um piso rebaixado e uma zona dedicada para utentes vulneráveis e áreas modulares que acomodam uma cadeira de rodas ou de carrinhos de bebé. Pode transportar até 103 pessoas.

A entrega destes 141 veículos terá início em maio de 2019

Este veículo combina um sistema de tração elétrica com um motor Euro VI e um sistema de armazenamento de energia, permitindo fornecer uma solução de mobilidade mais limpa. O sistema de gestão de grupo motopropulsor otimiza o consumo de combustível e as emissões, enquanto se processa a recuperação e armazenamento da energia cinética gerada pela travagem.

Consumo de combustível cai 30%

A função “Arrive & Go” permite uma operação em modo 100% elétrico, com zero emissões, sempre que há uma aproximação e arranque das zonas com sinal de Stop, semáforos e paragens de autocarros. O consumo de combustível por veículo é reduzido em 30% e as emissões de CO2 também podem ser diminuídas em 30%, em comparação com o equivalente autocarro com motor Diesel, equiparando-se a uma redução de 35 toneladas de CO2 por ano – o peso equivalente a dois autocarros – gerando-se, desse modo, vantagens no domínio da economia e ambiente.

O seu motor Tector 7 de 286 cv, compatível com a segunda geração de biocombustíveis HVO (Óleo Vegetal Hidrotratado), realça ainda mais essa performance. As emissões de carbono podem, assim, ver-se reduzidas em até 90% em comparação com um motor Diesel standard.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of