O CEO da divisão M da BMW, Frank Van Meel, deixou claro que o futuro da M irá abranger também veículos eletrificados, num mix de híbridos e 100% elétricos.

Numa conversa com jornalistas australianos em Espanha, Van Meel reiterou que, por um lado, até 2025, a M contribuirá para o plano do Grupo BMW de ter 40% de viaturas híbridas ou totalmente elétricas e, por outro lado, até ao final da próxima década, todos os modelos M terão incorporada alguma forma de eletrificação.

O novo M3 deverá ser o primeiro produto M a dar esse passo no sentido da eletrificação, o qual poderá estar provido de um sistema elétrico de 48 Volt.

Frank Van Meel considera que a transição para um carro 100% elétrico será gradual, etapa a etapa, para que quando esse modelo for introduzido tenha tudo para ser um produto com sucesso.

Van Meel sublinha que não pretende que o M eletrificado não satisfaça devido à pressa de colocar no mercado um produto destes antes do grau de desenvolvimento da tecnologia ser considerada adequado.

“Repare-se nos componentes atuais dos elétricos. São bastante pesados e, para nós, enquanto empresa de veículos desportivos, o peso total dos veículos e a relação peso-potência é crucial”, explica o homem forte da M.

“Sem entrar em detalhes, se fizermos um carro M eletrificado, tem de ser conduzido [e sentido] como um M”, entende Van Meel.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of