De acordo com a Valorpneu, em 2017 foram colocadas no mercado nacional 88.462 toneladas de pneus novos e geradas 76.657 toneladas de pneus usados, sendo o quantitativo de pneus usados recolhidos e valorizados de 81.292 toneladas.

A entidade gestora do sistema de recolha e destino final de pneus usados esclarece que, no que diz respeito ao destino dos pneus usados processados pelos diversos centros de tratamento que perfazem a sua rede, no ano passado foram enviados para recauchutagem cerca de 11.100 toneladas de pneus, que corresponderam a 13,7% do total.

Os pneus usados reciclados tiveram uma expressão de 60,2%, atingindo as 48.933 toneladas. Por seu lado, os pneus valorizados energeticamente representaram 20.499 toneladas, isto é, 25,2% do total dos pneus.

Interessante é perceber o que é feito dos pneus usados que são processados. “Do processamento dos pneus usados pelos recicladores da rede Valorpneu, resulta granulado de borracha, aço e têxtil”, elucida a Valorpneu.

No caso do granulado de borracha, os recicladores do Sistema Integrado de Gestão de Pneus Usados (SGPU) reportaram à Valorpneu que o seu destino foi sobretudo a utilização para produção de pavimentos diversos, representando 47,3% do total dos destinos possíveis. Esta percentagem é significativamente superior à registada no ano anterior, a qual foi de 36,6%.

A utilização do granulado de pneu em relvados sintéticos teve uma representatividade de 42,4% em 2017, uma percentagem que diminuiu no total das aplicações, já que em 2016 tinha sido de 51,7%.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of