Transforme-se num piloto em 20 minutos com o Kitty Hawk Flyer

0
482

A empresa californiana Kitty Hawk acaba de divulgar informações interessantes sobre o seu veículo voador Flyer.

O Flyer tem 10 motores elétricos independentes e descola e aterra verticalmente, como um drone. Tem um pack de baterias de polímeros de lítio, com autonomia máxima de 20 minutos.

Trata-de de um veículo recreativo, de apenas um lugar, mas muito fácil de pilotar. De tal modo que a Kitty Hawk afirma serem precisos apenas 20 minutos de treino.

Nesta fase inicial, o Flyer será utilizado apenas sobre a água ou em áreas desabitadas. Está limitado a uma altitude máxima de três metros e 20 km/h de velocidade máxima, mas será o suficiente para proporcionar a muitos utilizadores uma experiência única.

Em termos de certificação, nos Estados Unidos o Flyer será considerado um Ultraleve, não obrigando a registo da aeronave nem licença do piloto, mas só pode ser utilizado sobre áreas desabitadas.

O software embarcado proporciona condições particulares de estabilidade em vôo, facilitando a tarefa do piloto de ocasião.

A empresa americana ainda não divulgou o preço do aparelho, mas a reserva já pode ser feita aqui.

O outro projeto da Kitty Hawk

Mais significativo ainda é o projeto Cora da mesma companhia, que vai produzir efeitos em breve na Nova Zelândia.

Trata-se do Táxi Aéreo Cora que, após oito anos de desenvolvimento, e já está a ser testado na Nova Zelândia.

Esta aeronave elétrica descola verticalmente, mas voa como um avião e tem dois lugares.

A ideia não é vender o Cora a clientes particulares, mas a entidades que possam fazer a sua exploração comercial. De momento, a empresa Neozelandesa Zephyr Airworks é a primeira entidade constituída para este fim.

O Cora vai operar entre os 90 e os 910 metros de altitude, tendo uma velocidade máxima de 180 km/h.

A pequena aeronave já tem certificado de utilização experimental nos dois países envolvidos (USA e NZ). Espera em breve obter outros certificados para dar início ao seu serviço comercial de Táxi na Nova Zelândia.

Ambos os projetos garantem que vamos continuar a ouvir falar bastante da Kitty Hawk nos próximos tempos.

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of