A Altran, multinacional francesa especializada em engenharia e serviços de investigação e desenvolvimento, acaba de lançar a campanha “Road to Portugal”.

O intuito é atrair e contratar profissionais estrangeiros, como resposta à crescente atratividade de Portugal enquanto plataforma tecnológica para o desenvolvimento de aplicações de software.

A Altran, que adquiriu também a Aricent, tem mais de 45 mil colaboradores no globo e está presente em mais de 30 países. O grupo Altran e Aricent geraram, em 2017, receitas de 2,9 mil milhões de euros.

As candidaturas podem ser enviadas até ao final de junho de 2018 para roadtoportugal@altran.com.

A multinacional francesa procura captar profissionais formados em engenharia de software, com experiência comprovada superior a 4 anos, especialmente em linguagens de programação C e C++, para integrarem projetos pioneiros e inovadores no setor automóvel.

A empresa refere em comunicado que aos profissionais serão oferecidas condições de trabalho atrativas, assim como formação especializada e contínua neste domínio.

No mercado português desde 1998,
a Altran Portugal conta mais
de 1.800 colaboradores e possui
três escritórios, no Porto,
Lisboa e Fundão.

Com vista a apoiar a sua instalação em Portugal, estes profissionais serão inscritos num Relocation Package com benefícios especiais em termos de alojamento na zona do Fundão.

Célia Reis, CEO da Altran Portugal, afirma que “a Altran Portugal, através do Global Delivery Center que tem a funcionar em Portugal, tem conseguido captar para o nosso país o desenvolvimento de projetos, de elevada complexidade e diferenciação tecnológica, que por isso exigem um aumento da senioridade e experiência das nossas equipas. Apesar dos excelentes profissionais que temos no nosso país, sentimos desde há algum tempo uma forte pressão na disponibilidade destes perfis especializados, devido à crescente dinâmica neste setor. Acreditamos que com esta iniciativa, conseguiremos não só captar a atenção de profissionais estrangeiros, mas também motivar engenheiros portugueses, hoje residentes fora de Portugal, a encontrarem o seu caminho de regresso, através do Programa ‘Road to Portugal’”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of