Oito meses depois de ter arrancado em Portugal, o serviço de carsharing da DriveNow atingindo mais de 100.000 viagens e 25.000 registos. A DriveNow assinala, em média, 1.500 registos mensais, pelo que, em função disso, espera chegar aos 30 mil registos no final do primeiro ano da operação, o que ocorrerá por volta do próximo mês de setembro. São números que superaram “os definidos para o primeiro ano de atividade” refere a empresa.

O carsharing da DriveNow chegou a Portugal no dia 12 de setembro de 2017, pela mão da Brisa. Lisboa foi a 13ª cidade europeia (e a 1ª cidade Ibérica) a receber este serviço.

“Esta situação mostra-nos que existe, por parte dos cidadãos lisboetas, uma boa capacidade de adaptação ao serviço de carsharing. Em média, por cada carro de carsharing há pelo menos seis carros particulares que deixam de circular nas estradas”, refere a DriveNow.
Com uma frota de 211 carros das marcas BMW e Mini, a área de operação da DriveNow vai desde a estação de comboios de Algés até ao Parque das Nações, passando pela Segunda Circular até ao Lumiar. O serviço estende-se até ao Aeroporto de Lisboa e, mais recentemente, até ao parque empresarial do Lagoas Park, em Oeiras.

Dentro da área de operação poderá encontrar as viaturas DriveNow, a valores de 0,29€ (Mini) ou 0,31€ (BMW), com tudo incluído (estacionamento, combustível ou seguro), podendo estacionar em todos os lugares de estacionamento público de superfície (com ou sem parquímetros).

A DriveNow é um serviço carsharing em sistema “free floating”. Pode deixar a viatura em qualquer lado quando não necessitar mais dela.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of