A Prio vai investir um milhão de euros para desenvolver projetos de inovação em 2018. Como parte do investimento previsto, arranca a segunda edição do Jump Start, o programa internacional de aceleração de startups, lançado em parceria com a imatch.

As startups candidatas vão ter oportunidade de apresentar ideias empreendedoras nas áreas de energia, sustentabilidade e tecnologia, para responder a três desafios apresentados pela PRIO:

  1. Postos do Futuro: Como integrar postos de abastecimento de energia nas Cidades do Futuro?
  2. Economia Circular: Como desenvolver mais soluções de mobilidade sustentável e energia verde?
  3. Experiência do Consumidor 2.0: Como colocar soluções de mobilidade e energia no coração e na ponta dos dedos do cliente?

As candidaturas estarão abertas até 28 de maio no site do programa Jump Start. À semelhança do ano passado, o programa está aberto a startups de todo o mundo.

Após o período de candidaturas, 20 startups serão selecionadas para trabalhar a sua proposta de valor no bootcamp intensivo, a decorrer nos dias 14 e 15 de junho.

No decurso deste bootcamp, serão escolhidas as 10 propostas finalistas “que serão acompanhadas pela Prio e pela imatch em sessões de mentoria com o objetivo de adaptar as suas soluções inovadoras a negócios como o da Prio”, afirma a empresa energética.

Paralelamente ao lançamento do Jump Start, a Prio lança também um concurso de ideias dirigido aos seus colaboradores. “Com esta iniciativa, acreditamos que obteremos muitos inputs relevantes dos nossos colaboradores, que conhecem como ninguém o negócio e o grupo. Estaremos também a manter o espírito de startup que nos caracteriza e tê-los-emos envolvidos na geração de novos caminhos de futuro”, acrescenta Cristina Borges Correia, diretora de inovação da Prio.

As semanas de mentoria culminarão no pitch training, a decorrer no dia 4 de julho, e na final, no dia 6 de julho, de onde sairão as 3 grandes vencedoras.

Cada proposta vencedora poderá contar com 10.000€ de valor base para implementar o seu projeto-piloto, acesso a uma bolsa de implementação com base na avaliação do modelo de negócio e apoio permanente da equipa Prio.

Para Cristina Borges Correia, diretora de inovação da Prio, “o Jump Start e as novidades deste ano, associadas ao investimento previsto em inovação, demonstram bem a nossa vontade de continuar a trazer novidade aos setores da energia e mobilidade nacionais. Temos por objetivo oferecer mais valor aos nossos clientes, tornar o nosso negócio mais amigo do ambiente e preparar a Prio para as grandes tendências do futuro”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of