A Jaguar Land Rover lidera o projeto Autoplex, no valor de 5,4 milhões de euros, para desenvolver veículos que possam “ver” em cruzamentos de ruas e através de obstáculos.

Este projeto combina conetividade, automatização e navegação em tempo real, o que habilita a informação a chegar mais rapidamente ao veículo autónomo. Além disso, permitirá comunicar com os restantes veículos em circulação e evitar eventuais obstáculos, sempre que não seja possível visualizar corretamente a estrada. Assim, o sistema ajudará, de forma eficaz e segura, a passar cruzamentos e rotundas complicadas.

“Com os nossos parceiros da AutopleX, aliaremos os nossos desenvolvimentos a nível de conetividade e autonomia, para melhorar os nossos veículos autónomos. Estes irão operar de forma mais segura em situações difíceis e com trânsito real. (…) tal permitir-nos-á oferecer a tecnologia mais sofisticada e funcional num veículo autónomo.”, referiu Chris Holmes, director de Investigação e Desenvolvimento do Veículo Online e Autónomo da Jaguar Land Rover

A condução autónoma adaptada a situações reais

A Jaguar Land Rover está a desenvolver tecnologias de condução semiautónoma e totalmente autónoma, sem renunciar a uma condução divertida e segura. O objetivo é criar um veículo de condução autónoma mais adaptado às situações reais e a qualquer tipo de condução e condições climatéricas.

A AutopleX vai desenvolver a tecnologia através de simulações e testes em estradas públicas, em circuitos e em zonas urbanas das West Midlands. A Highways England, INRIX, Ricardo, Siemens, Transport for West Midlands and WMG e a University of Warwick juntam-se ao consórcio AutopleX. Este reforço de parcerias foi anunciado no terceiro Innovate UK sobre a Connected and Autonomous Vehicle Funding, em março de 2018. 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of