Carregamentos inteligentes podem fazê-lo ganhar dinheiro

0
803

O que é o carregamento inteligente ou smart charging?

Trata-se de um carregamento que é feito em função das necessidades do utilizador e da eletricidade disponível na rede.

Deste modo, quando estiver disponível a potência “ociosa” suficiente da rede elétrica ou no momento em que o custo da eletricidade for mais barato, o carregamento dos veículos elétricos é efetuado, conseguindo-se assim uma maior racionalidade de utilização.

Um sistema inteligente identifica o utilizador, a disponibilidade de carregamento, hierarquizando prioridades.

O carregamento inteligente, ou smartcharging, modula o carregamento do veículo em função das necessidades do utilizador e da oferta de eletricidade disponível na rede. O carregamento efetua-se à máxima potência quando a disponibilidade de eletricidade é superior às necessidades, por exemplo, nos picos de produção das fontes renováveis. O carregamento é interrompido se a procura de eletricidade for superior à oferta disponível na rede. Estes procedimentos permitem assim otimizar o aproveitamento da produção de eletricidade oriunda de fontes renováveis locais.

 

Ao selecionar os melhores momentos para carregar o carro,
é possível aumentar a contribuição das energias renováveis
no mercado de energia.

Outra das vantagens dos carregamentos inteligentes é contribuírem para a estabilização dos picos de corrente.

Dentro do Grupo Renault, a subsidiária Renault Energy Services desempenha o papel de investir em projetos relacionados com redes elétricas inteligentes, estando concentrada essencialmente no desenvolvimento de projetos de carregamento inteligente, interações entre os veículos e a rede elétrica e projetos de segunda vida para as baterias.

Na ilha de Porto Santo, na Madeira, esta fucionalidade será instalada, no âmbito do projeto de criação da primeira ilha mundial inteligente que aqui lhe demos conta.

A Renault já está também a utilizar na Holanda a aplicação Z.E. Smart Charge que torna os carregamentos mais inteligentes, simples e acessíveis, ao ajudar os seus utilizadores a fazer uso das energias renováveis ao mais baixo custo.

Esta app, todavia,  só é compatível com os Renault Zoe produzidos depois de maio de 2017 e disponham do sistema de navegação R-Link.

Com um smart charging e havendo tempo para tal, o sistema garante que a bateria esteja a 100% quando o condutor precisar de partir (para a hora que definiu iniciar a viagem). O modo como é atingida essa plenitude de carga é gerido de forma inteligente.

Assim, se para se alcançar os 100% de carga forem precisas quatro horas e o condutor agendou a sua saída para daí a apenas sete horas, os algoritmos inteligentes irão pesquisar os melhores momentos (leia-se, os melhores preços) para proceder ao carregamento (dado que tem mais três horas para carregar do que as quatro necessárias), garantindo sempre esses 100% de carga finais.

Outro cenário possível: pode definir que para o seu dia de trabalho precisa apenas de 60 km de autonomia. O sistema segura que para a hora pré-programada de saída essa necessária autonomia exista. Cumprido estes mínimos, o automóvel vai, entretanto, aproveitar o tempo remanescente para, ao melhor preço, carregar a capacidade restante da bateria. E garantir um bom negócio ao seu dono.

Carregamento inteligente… e birecional

Se o carregamento inteligente for também bidirecional, isto significa que, para além do carregamento do veículo elétrico ser ativado quando o fornecimento de energia da rede energética exceder a procura, também o inverso sucede. Nesse caso, o automóvel pode injetar e vender a eletricidade que tem nas suas baterias para a rede aquando dos picos de consumo.

Os veículos elétricos podem, neste contexto, funcionar como unidades de armazenamento temporário de energia.

No limite, se a eletricidade contida nas baterias do carro foi comprada a um custo mais baixo do preço fixado no momento em que se decide lançá-la na rede elétrica, o utilizador está a ganhar dinheiro.

vende a eletricidade
mais cara do que comprou.

Isto ocorre se adquiriu a energia em período noturno (baixo preço) e a vende em período diurno (preço mais elevado). O dinheiro será transferido diretamente para a conta bancária do utilizador.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of