Este novo mundo que nasce em torno da mobilidade elétrica permite que startups e novas empresas também apareçam, mostrando trabalho e talento. Independentemente da latitude em que se encontram.

Da China vem a SF Motors, uma subsidiária do fabricante chinês Sokon Motors, nascida em janeiro de 2016 que pretende agora vender os seus veículos elétricos nos EUA.

Num evento em Silicon Valley, Califórnia, esta marca apresentou o seu primeiro veículo, o SF5, um crossover elétrico de luxo, afirmando que iria começar a aceitar pré-encomendas até ao final do ano e iniciar as entregas dos primeiros exemplares em 2019.

“Nos últimos dois anos, gastamos milhões no nosso produto, tendo-nos focado no desenvolvimento dos conjuntos propulsores e nas capacidades de produção existentes nos EUA e na China”, enquadra o CEO da SF Motors, John Zhang, que garante que, feito esse trabalho, “estamos muito perto de estar prontos”.

Modelo SF5 é o primeiro SUV

O SF5 é um crossover elétrico com uma projeção de 482 km de autonomia, com um motor elétrico de mil cavalos, capaz de uma aceleração de 0 a 100 km/h em menos de três segundos. Não há ainda indicação dos preços.

A empresa também revelou os planos para aquele que será o seu segundo veículo, o SF7 – outro crossover elétrico -, em relação ao qual não foram fornecidos detalhes técnicos ou sobre quando é que as vendas poderão começar.

Condução autónoma

Sabe-se, contudo, que ambos os veículos serão equipados com sensores e outros equipamentos destinados a funções de condução autónoma.

Em abril do ano passado, a SF Motors estabeleceu uma parceria de pesquisa com a Universidade do Michigan para o desenvolvimento de tecnologia de condução autónoma, tendo adquiriro, sete meses depois, a antiga fábrica da AM General no Indiana.

Ao nível da condução autónoma, a SF Motors também tem vindo já a fazer alguns ensaios  em vias públicas na Califórnia e em Michigan.

Aspeto interessante: este novo player pretende implantar um sistema semi-autónomo por meio de atualização over-the-air (OTA) para os seus veículos em 2020.

Fábrica da SF Motors quase pronta

Entretanto, com vista ao arranque da produção, em outubro passado, a empresa reforçou o seu investimento ao comprar a Inevit, uma startup de integração de sistemas de baterias gerida pelo co-fundador da Tesla, Martin Eberhard.

Zhang fez saber que as fábricas da SF Motors estarão operacionais no terceiro trimestre deste ano para começar a pré-produção. O intuito é aumentar o volume de produção para satisfazer as entregas aos clientes até ao final do segundo trimestre de 2019.

Esta nova empresa afirma não recear a concorrência, com os seus responsáveis a mostrarem-se confiantes de que a SF Motors encontrará o seu espaço no mercado nos EUA, principalmente pelo facto de prometer atingir as metas de produção dentro dos prazos a que se compromete.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of