A Toyota anunciou hoje a comercialização do Sora FC Bus, o primeiro autocarro Fuel Cell (célula de combustível de hidrogénio) certificado para circular no Japão.

Sora é o acrónimo de Sky, Ocean, River, Air (Céu, Oceano, Rio, Ar).

A Toyota espera ter mais de 100 autocarros FC em utilização antes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio, em 2020, num plano que dá continuidade à iniciativa corporativa “Change Your Impossible”.

Apresentado o ano passado, este plano visa transformar a companhia de um construtor de automóveis numa empresa de serviços de mobilidade.

O gigante japonês pretende abolir as barreiras da mobilidade, permitindo aos clientes a realização dos seus impossíveis, ao mesmo tempo que contribui para criar uma sociedade mais sustentável.

O Sora pode ser fonte de energia em caso de emergência

O Sora FC Bus está equipado com o Sistema Fuel Cell da Toyota (TFCS), desenvolvido para o automóvel Fuel Cell Mirai e optimizado para ter um alto desempenho ambiental, sem emissões de CO2 ou outras potencialmente perigosas, mas também proporcionando importante nível de conforto, com vibrações reduzidas.

Este autocarro está também equipado com uma unidade de energia de saída, que pode fornecer eletricidade (até 9 kW de potência máxima saída e 235 kWh de aprovisionamento energético) e que pode ser utilizado como fonte de energia numa emergência, após acidentes ou desastres naturais.

Design universal e funcionalidade como prioridade

Os bancos do Sora são automaticamente guardados quando não estão em utilização, aumentando o conforto e a espaço, inclusive para passageiros com carrinhos de bebê ou cadeira de rodas.

Oito câmaras de alta definição, colocadas dentro e fora do veículo, detectam os peões e os ciclistas à volta do autocarro, proporcionando uma visão de 360º ao condutor e, possuindo também um sistema de avisos sonoros de proximidade.

Suavidade na aceleração e formas imediatamente reconhecíveis

A função de controlo da aceleração evita alterações bruscas de velocidade e proporciona recuperações suaves, aumentando a segurança dos passageiros que viajam em pé.

Acresce ainda a este facto a ausência de caixa de velocidades, que minimiza também as oscilações provocadas pela troca de relações num motor de combustão.

Todas estas medidas constituem estreias no Japão.

Ao contrário do habitual formato tipo caixa dos autocarros convencionais, o Sora foi concebido através de modelação estereoscópica ou 3D. Aliado á utilização de LED na frente e na traseira, esta caraterística dá-lhe uma forma imediatamente reconhecível.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of