O primeiro autocarro autónomo em Portugal vai ser o Fabulos, um projeto concebido na Finlândia e que tem o apoio da União Europeia.

Fabulous significa Future Automated Bus Urban Level Operation System e tem como objetivo testar a utilização de autocarros sem condutor, integrados numa ecosistema de transportes públicos.

Só assim será possível amadurecer este conceito, para que possa, de facto, tornar-se uma solução eficiente no futuro próximo.

São seis as cidades europeias parceiras no projeto e o Porto é a única metrópole portuguesa na curta lista, graças ao envolvimento direto da STCP (Sociedade Transportes Colectivos do Porto).

As restantes cidades envolvidas são Helsínquia (Finlândia), Gjesdal (Noruega), Helmond (Holanda), Lamia (Grécia) e Tallin (Estónia).

O parceiro técnico do projeto é a Universidade de Ciências Aplicadas de Helsínquia.

Todas as entidades envolvidas irão partilhar informações e experiências, contribuindo assim para um desenvolvimento mais célere do projeto.

Nesta fase, os veículos em questão são autocarros de pequenas dimensões, elétricos e destinados a percursos de ligação entre as estações de transportes públicos e o destino final do utilizador.

O projeto Fabulos tem um orçamento global de 7,8 milhões de euros comparticipados a 90% pela União Europeia, no âmbito do programa da U.E. Horizonte 2020, dedicado à pesquisa e inovação e vai decorrer entre 1 de Janeiro de 2018 e 31 de Dezembro de 2020.

A participação da SCTP está orçada em 1 milhão de euros, sendo 10% de fundos próprios.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of