Primeiro SUV compacto EV no mercado é da Hyundai

O SUV Kauai da Hyundai apresenta-se numa versão elétrica disponível em duas autonomias: 300 km e 470 km. O Kauai Electric é, assim, o primeiro SUV elétrico do segmento compacto a ser vendido na Europa. A estreia do modelo aconteceu no salão de Genebra.

0
630

A Hyundai anunciou a versão elétrica do Kauai, a qual se apresenta aos consumidores em duas opções de autonomia: com 300 km e 470 km, de acordo com o ciclo de consumo WLTP.

Trata-se do primeiro SUV elétrico do segmento compacto (B) a chegar ao mercado europeu e que está previsto ficar disponível para os portugueses no início do 2º semestre. Não há nesta altura informações oficiais de preço.

O destapar do pano deste modelo de segmento B e tração dianteira aconteceu no Stand 1040 do 88º salão automóvel de Genebra que decorre por estes dias (8 a 18 de março).

A versão de entrada deste SUV compacto possui um motor elétrico com 133 cv de potência (99 kilowatts) e um binário máximo instantâneo de 395 Nm. Dispõe de uma bateria de 39,2 kWh com energia para propulsionar o SUV coreano durante 300 km, de acordo com o procedimento de medições WLTP, o sucessor do mais laboratorial ciclo NEDC.

A outra versão elétrica do Kauai oferece 201 cv (150 kW) e a mesma quantidade de binário do modelo de base (395 Nm). Graças à sua maior bateria de 64 kWh, o crossover elétrico terá uma autonomia de até 470 km, conforme o referido ciclo de medições de consumo WLTP.

O Kauai Electric faz parte do objetivo da Hyundai de ter na Europa, em 2020, 60% da gama composta por modelos ecológicos.

Em termos de tempos de carregamento, as baterias de iões de lítio de 39,2 kWh levam cerca de 6 horas e 10 minutos a ficarem “atestadas”, ao passo que o pack de 64 kWh precisará aproximadamente de 9 horas e 40 minutos.

Recorrendo ao carregador rápido DC de 100 kW, ambas as versões do Kauai Electric ficarão com 80% da sua carga em 54 minutos.

O porto de carregamento fica localizado no lado esquerdo da grelha frontal.

No tocante às prestações, o Kauai Electric base acelera dos 0 aos 100 km/h em 9,3 segundos. Já a versão mais “performante” completa este sprint em 7,6 segundos. A velocidade máxima de ambas as versões é de 167 km/h.

O Kauai Electric possui um seletor de caixa de velocidades por botões “shift-by-wire”, à semelhança do que sucede no Ioniq Electric. Por seu lado, por trás do volante, o condutor encontra patilhas que possibilitam que controle a intensidade da regeneração do sistema de travagem.

Graças à nova plataforma, os engenheiros da Hyundai garantem ter conseguido integrar perfeitamente as baterias no carro, de modo a não afetar a habitabilidade. A mala tem uma capacidade de 373 litros (sem o cabo de alimentação) ou 332 litros (com o cabo de alimentação).

Em termos estilísticos, o Kauai Electric apresenta algumas diferenças face ao Kauai convencional, designadamente ao nível da grelha que é fechada. As jantes de 17’’ são de design exclusivo e o para-choques foi ajustado para ser mais aerodinâmico.

Por dentro, destaque para a consola central (ligeiramente diferente da que está montada nas versões com motores de combustão interna) e, sobretudo, para o painel de instrumentos digital diante do condutor de 7’’. Os bancos dianteiros elétricos têm ajuste de oito direções, bem como funções de ventilação e aquecimento. O banco do condutor dispõe de um apoio lombar adicional de duas vias, havendo possibilidade de carregar por indução os telemóveis preparados para suportar tecnologia Qi de ressonância.

O Kauai Electric equipa várias tecnologias de segurança e de apoio ao condutor, como é o caso da travagem autónoma de emergência com deteção de peões, sistema de manutenção na faixa de rodagem, alerta de aproximação de veículo em ângulo morto, aviso de fadiga de condutor, entre outros.

O SUV oriental poderá ser comprado em sete cores diferentes de carroçaria: branco, cinzento, cinzento escuro, laranja, azul (o que está nas fotos), vermelho e amarelo ácido.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of