A Porsche AG está a duplicar as verbas que tem reservadas para o desenvolvimento em propulsão elétrica. A indicação foi dada por Oliver Blume. O presidente do Conselho Fiscal do fabricante de Estugarda refere que no orçamento atual para a eletromobilidade de 3 mil milhões de euros vai passar para seis mil milhões de euros. E isto até 2022. É, claramente, mais um sinal de que o futuro da mobilidade passa, incontornavelmente, pela eletricidade.

Este investimento destina-se quer para a eletrificação de modelos Porsche existentes, quer para a criação de variantes híbridas plug-in, quer mesmo para o desenvolvimento de diversas tecnologias em termos de propulsão elétrica.

Desta verba toda, 500 milhões de euros serão especificamente canalizados para desenvolver versões e derivações do Porsche Mission E, modelo integralmente elétrico que deve entrar em produção no início de 2019 e que pode vir a ter três níveis de potência, de 300 kW (402 cv), 400 kW (536 cv) e 500 kW (670 cv).

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of